Acusado de Corrupção ativa e passiva doleiro está preso no RJ

30 de dezembro de 2018 | _
Após ser preso no Paraguai, o doleiro pernambucano Bruno Farina, de 59 anos, foi extraditado para o Brasil e transferido para o sistema penitenciário do Rio de Janeiro.

Ele estava no Paraguai e foi entregue às autoridades brasileiras na manhã de sábado (29).

Farina é acusado no Brasil de corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro, organização criminosa e evasão.