Moro diz ter se expirado no juiz italiano Giovanni Falcone para aceitar ministério

5 de novembro de 2018 | _
Juiz Sergio Moro da 13ª Vara Criminal de Curitiba (PR), diz sim, a o presidente Bolsonaro e aceita o convite para ser ministro da justiça. Em mensagem aos magistrados da Ajufe (Associação dos Juízes Federais do Brasil) em que revela ter se inspirado pelo juiz italiano Giovanni Falcone, Moro diz que foi uma decisão muito difícil, “mas ponderada”.

“Lembrei-me do juiz Falcone, muito melhor do que eu, que depois dos sucessos em romper a impunidade da Cosa Nostra, decidiu trocar Palermo por Roma, deixou a toga e assumiu o cargo de Diretor de Assuntos Penais no Ministério da Justiça, onde fez grande diferença mesmo em pouco tempo. Se tiver sorte, poderei fazer algo também importante”, escreveu.