Tribunal Eleitoral impede Lula de votar

4 de outubro de 2018 | _
O plenário do TRE-PR negou mais uma vez o direito constitucional assegurado a Lula de poder, mesmo preso, votar nas eleições.

A defesa do ex-presidente, já havia entrado com um pedido para que o mesmo pudesse ter viabilizado o seu direito a voto no primeiro turno dessas eleições, o qual já havia sido negado e novamente o recurso agora.

A argumentação dos juízes é de que não há quantidade de presos interessados suficientes na unidade de Lula para que se justifique a instalação de uma urna eleitoral no local, a exigência seria de ao menos 20 interessados, a Polícia Federal entretanto não revela a quantidade.