Carlos vai mudar coordenação de campanha e poe declarar voto à presidente na tentativa de virar o reultado no 2º turno

11 de outubro de 2018 | _

Começa nesta quarta (11) a campanha para o 2º turnos das eleições, presidenciais e estaduais. No Estado Potiguar, segue a disputa entre Fátima Bezerra e Carlos Eduardo Alves. A senadora Fátima foi a grande vitoriosa no 1º turno, colocando sobre seu opositor mais de 222 mil votos.

Como estratégia política para tentar vencer as eleições neste 2º turno, Carlos planeja declarar nesses dias seu voto ao candidato à presidência Jair Bolsonaro, em busca dos votos da direita no RN, onde Bolsonaro saiu da disputa com 196 mil votos atrás de Haddad.

Carlos tem 2 problemas quanto a declarar o apoio à Bolsonaro. o 1º é que o seu partido PDT,já declarou apoio a Haddad e  2º trata-se de apoio financeiro do partido a campanha caso venha apoiar voto no capitão.

Analisando o gráfico acima, podemos ver que os votos de Fátima e Haddad foram casados, ela com 748,150 e ele com 738,165. Uma diferença de pouco mais de 10 mil votos. Já entre Carlos e Bolsonaro observa-se que o capitão obteve 541.448, enquanto que o ex-prefeito obteve 525.933 votos, sendo 15 mil a menos. Depois do cálculo, pode-se dizer que muito pouco ou em nada Bolsonaro vai contribuir para o sucesso de Carlos n 2º turno.

Além de declarar apoio a Bolsonaro, Carlos Eduardo vai mudar o coordenador de sua campanha para o 2º turno, Carlos terá Benes Leocádio, eleito deputado federal na coordenação.

Não é impossível, mais, pouco provável uma reviravolta.