Comitê de campanha de Fátima foi alvo de busca e aprensão

29 de setembro de 2018 | _
Ontem, sexta (28) o comitê da senadora candidata  ao governo do Estado do rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT-13), foi alvo de mandado de busca e apreensão pelo Ministério Público. A denuncia partido da campanha do candidato a governador Carlos Eduardo Alves que formulou representação na Justiça Eleitoral contra Fátima.

A a representação denunciava que a candidato do PT estava fazendo divulgação de material de campanha irregular, apontando o ex-presidente Lula como candidato à Presidência. Ao todo foram apreendidos 130 mil panfletos e santinhos.

Através das redes sociais, Fátima Bezerra se posicionou com uma nota, em que critica a ação. “Em uma operação com força policial desproporcional para uma apreensão de panfletos, a polícia do RN entrou hoje em sedes e comitês do PT em Natal e Mossoró e recolheu materiais de campanha do PT que traziam a figura do ex-presidente Lula como apoiador de Fátima Bezerra e candidatos ao parlamento, que obedecem rigorosamente aos padrões autorizados pelo TSE”, diz o comunicado.