Ministério Público tem evado pessoas a "Execração pública" disse presidenciável Ciro Gomes

2 de agosto de 2018 | _
Para Ciro Gomes, candidato à Presidência pelo PDT, o Brasil vive 1 Estado de “anarquia institucional“. Disse que, se eleito, “organizará a casa” e fará com que os Poderes “voltem para a caixinha“.

O pedetista concentrou as críticas no Ministério Público. Disse que integrantes do órgão têm levado pessoas à “execração pública“. Como exemplo, afirmou que os prefeitos vivem tutelados por 1 “jovem garoto do MP (Ministério Público) que simplesmente faz e acontece“.

As declarações foram feitas em entrevista à GloboNews na 4ª feira (1º.ago.2018).