Rosalba e Agripino: o troco e a revanche

10 de julho de 2018 | _

Salvo as especulações nos bastidores, ainda não se sabe ao certo sobre o verdadeiro caminho do grupo liderado pela prefeita de Mossoró Rosalba Ciarlini (PP), mais, uma coisa não se pode ignorar, o casal Rosado - Carlos Augusto Rosado e Rosalba, conseguiram derrotar o senador José Agripino (DEM) Maia, lhe "tirando" o mandato de senador.

Foi exigência da Rosa de Mossoró, para se apoiar a chapa do pré-candidato a governador Carlos Eduardo Alves, a exclusão do nome do senador na chapa majoritária do ex-prefeito de Natal.

Bingo para o Grupo Rosado.

Depois do feito... eis, que surge 2 novos cenários, e estes podem levar Rosalba a tomar outro rumo e apoiar a reeleição do governador Robinson faria (PSD).

O 1º trata-se da dificuldade que teria o deputado federal Beto Rosado em conquista a reeleição de seu mandato.

O 2º refere-se ao grupo "agripinista", não conseguir digerir a derrota para grupo "rosalbista",  e tentam de todas as formas vetar o nome de Beto Rosado ou de Kadu Ciarlini para compor a chapa majoritária de Carlos Eduardo.