Mercado Financeiro comemora aliança de Alckmin com Centrão para atacar os trabalhadores

23 de julho de 2018 | _
O Bloco do chamado Centrão, composto por DEM, PR, PRB, PP, Solidariedade e outros 7 pequenos partidos, se decidiu por consolidar seu apoio por Alckmin. Isso irá influir diretamente sobre o tempo de televisão dos candidato, que se consolida como a opção dos capitalistas para as eleições. A outra opção de apoio era Ciro Gomes, pelo PDT.

Não diferente disso é a reação da Bolsa de Valores para a notícia. O dólar chegou a valer R$ 3,7585 (-2,18%) na mínima e a Ibovespa subiu 2,05%, com forte alta, aos 79.075 pontos por volta das 11h da manhã de hoje. A notícia de que Alckmin será o candidato com o apoio do Centrão é uma garantia para os grandes empresários, pois ele aprofundará a agenda de ataques para que sejam os trabalhadores que paguem pela crise.