Publicidade a “Dama de Espadas” tenta abafar “Operação Cidade Luz”

9 de junho de 2018 | _

Tribuna do Norte requenta matéria sobre Dama de Espada na intenção de abafar o caso que envolve o ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves.

Carlos está sendo investigado como suspeito de envolvimento na “Operação Cidade Luz”, onde em delação, Felipe Gonçalves de Castro, empresário da empresa prestadora de serviços à Prefeitura de Natal na área de iluminação pública, por isso o nome “Cidade Luz”, informou que em reunião entre ele Allan Emmanuel e Jonny Costa e Carlos Eduardo definiram valores de R$ 300 mil em propina para campanha à reeleição em 2016.

Relembrando:

A Operação Cidade Luz, apura desvios de dinheiro no contrato de iluminação pública da cidade de Natal, no período natalino.

O MP 2º informações possui vários elementos que mostram que a campanha de Carlos Eduardo foi abastecida com dinheiro (propina) vindo das empresas que detinham os contratos com a Semsur, além de que também havia pagamento de mesada das empresas investigadas para políticos, em torno do percentual de 15% ao mês entre 2013 a 2016.