Dividido, DEM tem 4 candidatos possíveis à Presidência

22 de junho de 2018 | _
A corrida pelo Planalto resultou em uma fragmentação brutal e quase inconciliável dentro do Democratas. O partido tem 4 possíveis candidatos à Presidência sendo cotados para as eleições de outubro.

Estes são (em ordem alfabética) os candidatos a presidente e seus principais defensores dentro do DEM:

Alvaro Dias (Podemos) – deputados Luiz Henrique Mandetta (MS) e Arthur Maia (BA) e senador Ronaldo Caiado (GO);

Ciro Gomes (PDT) – deputados Rodrigo Maia (RJ), Efraim Filho (PB) e vários congressistas do DEM do Nordeste. Também está no grupo Eduardo Paes, candidato do partido ao governo do Rio de Janeiro;

Geraldo Alckmin (PSDB) – deputados Heráclito Fortes (PI), José Carlos Aleluia (BA), Mendonça Filho (PE), Pauderney Avelino (AM) e Rodrigo Garcia (SP);

Jair Bolsonaro (PSL) – deputados Onyx Lorenzoni (RS) e Alberto Fraga (DF).

A possibilidade de o DEM vir a construir uma posição majoritária interna a favor de 1 candidato a presidente é quase zero. Trata-se de uma decisão que terá de ser tomada nas próximas 3 semanas, quando serão realizadas as convenções partidárias dos partidos.

Por enquanto, 2 fatores unem os deputados com influência no DEM:

1) o partido ser sócio majoritário do próximo governo

2) impedir a volta do PT ao poder central;

Essas duas premissas devem orientar a decisão final do partido sobre o presidenciável que poderá receber o apoio da legenda.

Não é improvável que o DEM siga rachado e isso inviabilize uma aliança formal com algum concorrente ao Planalto.