TSE pode tomar iniciativa de impedir candidatura de Lula

21 de maio de 2018 | _
A coluna dos jornalistas, João Paulo Nucci e Cristian Favaro no Estadão de hoje, afirma que a ministra e presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, refutou a possibilidade de que a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seja bloqueada sem que haja contestação prévia – ou “de ofício”, como se diz no jargão jurídico. 

“O Judiciário não age de ofício, age mediante provocação”, disse a ministra, em entrevista ao programa Canal Livre, da Band, transmitido na madrugada desta segunda (21). Na semana passada, ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) passaram a discutir nos bastidores a possibilidade de tomar a iniciativa de impedir Lula de ser candidato, para supostamente evitar um impasse durante a campanha.