Só do PSDB Rogério Marinho receberá legalmente R$ 1,3 MI

21 de maio de 2018 | _
O partido tucano, PSDB, que têm como pré-candidato a presidência Geraldo Alckmin, decidiu que vão destinar um terço do que tem direito para campanhas majoritárias. Os demais recursos serão divididos para financiar as campanhas legislativas (deputados federais e estaduais) e de senadores e governadores.

Deputado Silvio Torres (SP), tesoureiro do PSDB, conta que a Executiva tucana já aprovou divisão semelhante e também haverá prioridade de financiamento para reeleição de deputados. A meta dele é eleger uma bancada de 60 integrantes, 12 a mais do que a atual.

— Aos deputados que têm mandato (como Rogério Marinho, na foto com o prefeito Batata de Caicó) devemos destinar cerca de R$ 1,3 milhão para cada um. Para os novatos ainda será definido, mas deve ser menos — afirma o tucano.