‘Frente da Lava Jato’: federação lança pré-candidatura de policias federais

22 de maio de 2018 | _
 Grupo se diz suprapartidário 26 agentes disputarão pleito

A Fenapef (Federação Nacional dos Policiais Federais) lança na noite desta 3ª feira (22) a pré-candidatura de 26 agentes que disputarão as eleições deste ano. Os policias concorrerão ao Senado e à Câmara dos Deputados.

Os agentes, escrivães e papiloscopistas farão parte do grupo suprapartidário batizado de “Frente da Lava Jato”. Os policiais federais embarcaram na política empolgados com a popularidade de operações de combate à corrupção.

Em nota, a Fenapef classifica os agentes como “outsiders” e afirma que estão animados por conta da “sintonia com a percepção social de que o país está assolado” pela violência e corrupção.

“A expectativa dos policiais federais de serem bem-sucedidos na empreitada eleitoral está amparada justamente na condição de outsiders e de legítimos combatentes da violência e da corrupção, em sintonia com a percepção social de que o país está assolado por esses dois males”, diz a federação, em nota.

Entre os participantes da “Frente da Lava Jato”, estão os deputados Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e Aluísio Mendes (PODE-MA).

Em outubro serão realizadas as primeiras eleições gerais desde a deflagração da 7ª fase da Operação Lava Jato, em novembro de 2014. Foi quando foram presos executivos das maiores empreiteiras do Brasil e ex-diretores da Petrobras, o que tornou público o maior escândalo de corrupção do país.