Mais Médicos: após fim de 1º prazo, 2.545 vagas ainda não foram preenchidas

19 de dezembro de 2018 | _

Das 8.517 vagas do Mais Médicos abertas pelo governo federal para substituir os médicos cubanos que deixaram o programa, ainda restam 2.545 vagas a ser preenchidas. Até a manhã de quarta (19) 5.972 médicos se apresentaram ou iniciaram suas atividades.

O número é bem inferior aos 10.205 profissionais que manifestaram interesse em participar do programa. O prazo para que brasileiros com registro nos CRMs (Conselhos Regionais de Medicina) se apresentassem acabou na terça (18). Os dados preliminares são de 1 levantamento divulgado pelo Ministério da Saúde na manhã desta quarta (19).

Segundo o órgão, depois que todos os profissionais estiverem alocados, será divulgado outro levantamento para contabilizas as vagas em aberto e as desistências. Nos dias 20 e 21 de dezembro, as vagas remanescentes serão ofertadas de novo aos profissionais com registros nos CRMs.

O prazo de envio da documentação dos médicos brasileiros e estrangeiros formados no exterior acabou no último dia 16. O ministério informou que a documentação dos inscritos ainda está em análise, conforme previsto no edital.

Nos dias 27 e 28 de dezembro, os profissionais brasileiros formados no exterior terão acesso ao sistema para escolherem as vagas em aberto. Posteriormente, nos dias 3 e 4 de janeiro de 2019, os médicos estrangeiros terão a mesma oportunidade.

Segundo o órgão, a data de início das atividades é definida com os responsáveis dos postos de atendimento médico.

Rafael Motta será diplomado para cumprir 2º mandato de deputado dando continuidade a 68 anos de história

| _
Acontece nesta quarta (19) a diplomação dos 24 deputados estaduais e de 8 deputados federais, além da governadora e vice eleitos. Entre os eleitos, o deputado eleito Rafael Motta (PSB) filho do deputado Ricardo Motta (PSB) no seu 7º mandato de deputado no legislativo potiguar. Nas redes sociais, Ricardo fala do filho reeleito para seu 2º mandato:




Uma publicação compartilhada por Ricardo Motta (@ricardomotta40333) em

Gilberto Kassab é alvo de operação da Polícia Federal

| _
A Polícia Federal faz buscas no apartamento do ministro da Ciência, Tecnologia e Comunicações, Gilberto Kassab (PSD), na manhã desta quarta (19).

A ação é baseada em delações de ex-executivos da JBS. Segundo eles, Kassab recebeu mesada de R$ 350 mil em troca de defender os interesses do grupo quando era prefeito de São Paulo (2006-2013). Só de mesada, Kassab teria recebido R$30 milhões e ao todo a conta chegaria a R$58 milhões, segundo os delatores.

O ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), autorizou 8 mandados de busca e apreensão para investigar se Kassab recebeu vantagens indevidas em 2009. Um dos mandados é cumprido na casa do irmão do ministro, Renato Kassab.

Em 2014, a verba paga pela JBS também teria sido encaminhada para a campanha do candidato ao governo Robinson Faria (PSD), que foi eleito, e o filho deputado federal Fábio Faria.

As assessorias do governador Robinson e de Fábio Faria afirma que ao contrário do que informam a mídia nacional ambos não tem nenhum envolvimento com a operação da Polícia Federal.

"A Polícia Federal e imprensa nacional divulgaram que a operação que ocorre contra o Ministro Gilberto Kassab (PSD) envolve também o governador Robinson Faria e o deputado federal Fábio Faria, ambos do PSD.

A assessoria dos dois políticos informa ao blog que ambos não são alvos de mandados de busca e apreensão.

A PF diz no próprio site que dois mandados estão sendo cumpridos no RN, mas não informa o local.

A assessoria de Fábio Faria ressalta ainda que o inquérito contra o deputado baseado na delação de Ricardo Saud da JBS foi arquivado".

Sandro PImentel não será diplomado nesta quarta, 19; TRE suspende sua diplomação

18 de dezembro de 2018 | _
A pedido do Ministério Público Eleitoral, justiça determina que político seja impedido de ser diplomado até que o caso, envolvendo supostas irregularidades, seja julgado em definitivo

Em menos de 24 horas, o Rio Grande do Norte tem nesta terça (18) a segunda alteração na cerimônia de diplomação dos eleitos, prevista para a quarta-feira (19). A primeira disse respeito ao deputado estadual Fernando Mineiro (PT), que perdeu a vaga após recontagem de votos. Agora, a mudança se refere ao vereador Sandro Pimentel (PSOL), eleito deputado estadual. A pedido do Ministério Público Eleitoral (MPE), o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) suspendeu a diplomação do político.


A procuradora Cibele Benevides, que assinou o pedido, alegou que houve descumprimento do prazo de entrega dos relatórios financeiros. Ela também apontou como problema uma doação de pessoa física no valor total de R$ 35,3 mil que não foi feita por meio de transferências bancárias. A lei eleitoral determina que acima de R$ 1.064,10 as doações precisam ser feitas por meio de transferência.

Nota de Mineiro sobre validação de votos que lhe tira o mandato de deputado federal

| _
O ministro Jorge Mussi, do Tribunal Superior Eleitoral, determinou ontem (17/12) a validação dos votos para deputado federal recebidos por Kericles Ribeiro, que teve o registro como candidato impugnado por falta de documentação.

A decisão, contrária à posição adotada pelo próprio ministro antes da eleição, baseia-se no argumento de uma falha, nunca acontecida antes, no sistema da Justiça Eleitoral.

Ela beneficia diretamente o candidato Beto Rosado, do PP, tomando nossa vaga de deputado federal, conquistada com 98.070 votos, a terceira maior votação no estado.

Apresentaremos recurso contra essa decisão, que contraria a jurisprudência firmada sobre o assunto.

Fernando Mineiro

Adriano toma posse em meio a discurso de muito trabalho

| _
No final da tarde desta segunda (17), a Câmara Municipal de Guamaré deu posse ao prefeito e a vice-prefeita, eleitos no pleito suplementar de 09 de dezembro, Adriano Diógenes e Iracema Morais, ambos do MDB. A solenidade foi prestigiada pelo líder político do MDB local, Hélio Willamy e pelo deputado estadual Hermano Morais (MDB).

Seis dos nove vereadores compareceram a sessão solene de posse, presidida pelo vereador Carlos Câmara. O plenário da Câmara Municipal ficou pequeno para o grande público que lotava as dependências da sede do Poder Legislativo desde as primeiras horas da tarde na expectativa da chegada do prefeito e vice-prefeita.

No seu discurso de posse, Adriano voltou a afirmar que vai governar para todos. “O tempo agora é trabalho. Peço que desçam as bandeiras de cores partidárias e subam no mais alto mastro a bandeira da paz”, disse Adriano, convocando todo o povo guamareense para se unir em torno da bandeira das causas de Guamaré.

A parte final do discurso do novo prefeito de Guamaré foi reservada aos agradecimentos, principalmente ao engajamento da militância partidária, a coordenação de campanha e ao apoio dos vereadores e do líder político Hélio Willamy. Adriano também voltou a se comprometer a retomada dos serviços que estão paralisados, principalmente na saúde.

Na gestão de Adriano Diógenes na Secretaria Municipal de Saúde, o município de Guamaré foi avaliado pelo Tribunal de Contas do Estado e saiu em primeiro lugar no Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEGM). Além da saúde, o IEGM também refletiu o bom desempenho das políticas públicas em mais seis áreas (Educação, Planejamento, Gestão Fiscal, Meio Ambiente, Cidades protegidas, Governança em Tecnologia da Informação).

Empossados, prefeito e vice-prefeita, Adriano e Iracema Morais se dirigiram até ao Palácio Luiz Virgílio de Brito-sede do Poder Executivo, onde um grande número de apoiadores aguardava a comitiva política para o momento que marcou a transição na prefeitura de Guamaré, após um longo período de embates na esfera do Poder Judiciário.

Futuro ministro de Bolsonaro, Paulo Guedes vai cortar verbas do Sistema S

| _
Em fim um ministro da economia com coragem de tesourar o repasse do governo ao sistema S. Em evento da Federação das Indústrias do Rio, Paulo Guedes, futuro ministro da Economia do governo Bolsonaro disse que quer "horizontalizar os impostos", acabando com isenções e subsídios.

O  ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta segunda (17) que pretende cortar verbas do Sistema S, que deve sofrer redução em torno de 30%, podendo chegar a 50% dos repasses.

— É a contribuição, como vamos pedir o sacrifício do outro sem dar o nosso? — questionou Paulo Guedes diante de uma plateia de empresários na Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), no evento Encerramento das Atividades 2018 e Perspectivas 2019. Também participaram do almoço o prefeito do Rio Marcelo Crivella e o governador eleito do Estado, Wilson Witzel.

O futuro ministro disse que também é necessário fazer uma reforma do Estado e garantir um novo eixo de governabilidade, com a retomada do pacto federativo, e "corrigir a hipertrofia do governo federal".

— Nós queremos recompor o federalismo, descentralizar recursos para os estados e municípios. Levem os recursos, levem as atribuições.

Universidade pública e democracia na América Latina

| _
A CRES é o evento mais importante para Educação Superior na América Latina e Caribe e este ano foi especial, pois marca as comemorações do centenário da Reforma de Córdoba (1918). A conferencia é organizada pelo Instituto Internacional da UNESCO para Educação Superior na América Latina e o Caribe (IESALC-UNESCO) e reuniu Conselhos de Reitores, Redes Universitárias, professores, pesquisadores, servidores e representantes dos governos de todo o continente.

Esta terceira edição aconteceu 10 anos depois da II conferencia, que foi realizada em 2008, em Cartagena de Índias (Colômbia). Por este motivo, em 2018 o evento debateu e analisou a última década e os avanços da região no que se refere a educação. O debate imprescindível foi em torno da defesa da educação pública e a criação do Espaço Latino-americano e Caribenho de Educação Superior (Enlaces). A finalidade do Enlaces é integrar os sistemas universitários de todo o continente e permitir assim um avanço no que diz respeito a produção de conhecimento, ciência e tecnologia de maneira compartilhada na região.

Os participantes do CRES 2018 demarcaram a importância da função social da educação e seu caráter público. Para eles a educação é entendida como bem público e social e direito humano universal, por isso definiu-se a busca pela proibição do lucro na educação do continente. Uma importante vitória do movimento educacional.

Eleitos: sai Mineiro e entra Beto entre os eleitos

| _
O Tribunal Superior Eleitoral deferiu os votos de Kerinho (PDT). Com isso, a coligação “100% RN” fez dois federais. Walter Alves (MDB) e Beto Rosado (PP). Enquanto isso, a coligação “Do Lado Certo”, fez apenas Natália Bonavides (PT). O deputado estadual Fernando Mineiro (PT) vai ficar de fora.

Cumprindo o rito normal, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) receberá a minuta da Corte Superior (TSE) que validou os votos de Kerinho (PDT). Em um julgamento protocolar, deve somente confirmar a decisão do órgão superior.

Papa Francisco defende pacto sobre migração que Bolsonaro quer acabar

| _

Diante de milhares de fiéis que compareceram à missa dominical na Praça São Pedro, no Vaticano, o papa Francisco disse que o texto da ONU oferece parâmetros para a comunidade internacional tratar a migração de maneira “segura, coordenada e regular”

O líder da Igreja Católica insistiu que é preciso ter compaixão com os migrantes, que deixam seus países por razões diversas. A defesa dos refugiados tornou-se um ponto forte do pontificado do papa argentino.

Mais de 150 países adotaram na segunda (11) o pacto de 40 páginas proposto pela ONU. Não vinculativo do ponto de vista jurídico, o propósito do acordo é “fomentar a cooperação internacional sobre a migração entre todas as instâncias pertinentes”.

O governo Bolsonaro já anunciou que vai se desligar do texto adotado esta semana em Marrakech, por considerá-lo “um instrumento inadequado para lidar com o problema”, segundo o futuro chanceler Ernesto Araújo.

Prefeito e vice eleitos em eleição suplementar em Guamaré são diplomados

| _
Eleitos no ultimo domingo (9) em eleição suplementar, Francisco Adriano e Iracema Morais, prefeito e vice respectivamente de Guamaré, foram diplomados nesta segunda (17) no Cartório da 30ª Zona Eleitoral da cidade de Macau.

A solenidade contou a presença da Excelentíssima Juíza Drª Cristiany Maria de Vasconcelos Batista, e da promotora de justiça, Drª Tiffany Mourão Cavalari de Lima, além de familiares dos diplomados e lideranças políticas.

Prefeito prestigia Micareta do Carnatal

17 de dezembro de 2018 | _
O prefeito de Macau acompanhado da esposa, 1ª dama da cidade, prestigia o evento da Micareta do Carnatal, que teve inicio na ultima quinta (13) na Capital Potiguar. Há gosto pra tudo. Também já gostei e o prefeito tem direitos. Mas, o post não trata de critica e muito menos de promoção social. É só pra lembrar, que enquanto o prefeito danca samba, axé music e pula frevo, o povo agoniza em meio a falta de gestão de seu desgoverno.

Será que Ricardo Chaves tocou a quela musiquinha hein?

Tô nem aí , Tô nem aí...
Pode ficar com seu mundinho eu não tô nem aí
Tô nem aí , Tô nem aí... …

Médium acusado de abuso se entrega à polícia

| _
O médium João de deus, preso no domingo (16) após uma onda de acusações de abuso sexual, passou a 1ª noite no Núcleo de Custódia, no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia na Região Metropolitana da capital.

Ele se entregou à polícia na tarde do domingo, em uma estrada de terra em Abadiânia (GO), às margens da BR-060. Foi interrogado e dormiu em uma cela de 16 m², com outros 3 presos.

O jornal O Globo noticiou que ele deu baixa em R$ 35 milhões em investimentos após as primeiras acusações, em 7 de dezembro. Ao tomar conhecimento dessas operações, a Polícia de Goiás e o Ministério Público do Estado aceleraram o processo para pedir sua prisão.


O delegado-geral da PC-GO (Polícia Civil de Goiás), André Fernandes, disse neste domingo (16.dez.2018) que há um padrão de comportamento do médium João Teixeira de Faria –conhecido como João de deus– em diferentes depoimentos: “O comportamento nesses depoimentos têm 1 ato comum, 1 modus operandi comum, e é isso que foi traçado por diversas vítimas que não se conhecem. Enfim, cada 1 traça uma situação e uma igualdade de comportamento”, afirmou em entrevista à imprensa. O depoimento durou cerca de três horas

O delegado também afirmou que João foi indagado em 7 laudas e respondeu a todas as perguntas. O médium não confessou as práticas das acusações.

A Justiça de Goiás havia decretado a prisão preventiva de João de deus na 6ª feira (14.dez), ao acatar o pedido do MP-GO, protocolado na 4ª (12.dez). No sábado (15.dez), o médium foi considerado foragido.

As negociações foram intermediadas pelo advogado Alberto Toron, da defesa do médium. Ele ressaltou que entrará com pedido de habeas corpus e que por conta de João de deus ser cardíaco e ter 76 anos, o mais indicado seria deixá-lo em prisão domiciliar.

Halleluya é record de público em 2018

| _

A organização do Festival Halleluya estimou nos três dias de evento, mais de 90 mil pessoas no anfiteatro da UFRN. O Festival é promovido pela Comunidade Católica Shalom e tem o objetivo de levar a cultura de paz para a cidade do Natal. Realizado anualmente, o evento superou a expectativa de público, tendo um aumento de 17 mil pessoas de 2017 para 2018.


O Halleluya promoveu ainda uma onda de solidariedade. No evento foram doados cerca de 750 produtos esportivos e escolares para os projetos de promoção humana desenvolvidos pela Comunidade Católica Shalom, que visam levar dignidade e esperança para pessoas que estão à margem da sociedade.

O Halleluya Natal teve o patrocínio da Unimed Natal, Miranda Computação, Laluk Semijóias, Gil Móveis, Natal Card e Governo do Estado, através da Lei Câmara Cascudo.

PF faz busca e apreensão em cidade potiguar

| _
A Polícia Federal deflagrou nesta segunda (17), a Operação Liber Pretiosa e cumpri oito mandados judiciais de busca e apreensão expedidos pela 2ª. Vara da Justiça Federal/RN nas cidades de Parnamirim/RN, João Pessoa/PB, Abreu e Lima/PE e Recife/PE. Na ação, a PF utiliza 38 policiais federais.

A investigação é destinada a apurar prática dos crimes de associação criminosa, corrupção ativa e passiva, peculato, inexigibilidade indevida e fraude à licitação, atribuídos a ex-gestores de Parnamirim/RN, na região metropolitana de Natal e empresários da Paraíba e Pernambuco, os quais mantiveram contratos com o município potiguar, entre os anos de 2013 e 2016.

Prefeitura de Parnamirim adquiriu 30.000 exemplares da Coleção de livros sobre “Obesidade Infantil” em 2014, voltado para 18.456 alunos do ensino fundamental oficialmente registrados na rede de ensino naqeçe mesmo ano. Além do mais, registros indicam, que a empresa contratada vendeu os livros por valor 250% superior ao da aquisição junto à editora.

A prefeitura de Parnamirim, também adqueriu fardamento escolar, no valor de R$ 4.815.540,00 em 30/12/2015. Igualmente, há a suspeita de superfaturamento, tendo em vista, a título de exemplo, a aquisição de 35.000 pares de tênis e 70.000 camisetas. Dados oficiais do MEC apontam que, em 2016, a rede municipal de ensino de Parnamirim/RN registrou o total de 24.185 matrículas (Educação Infantil e Ensino Fundamental).

Essa brincadeira só custou aos cofres municipais do município a bagatela de R$ 8.612.940,00.

Será que é grande a cadeia?

EMPARN dar ínicio a instalção de tele-pluviômetros por Guamaré e Ceará- Mirim

| _

A Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), começou na última sexta (14), a instalação dos pluviômetros automáticos no interior do Rio Grande do Norte. Ao todo serão instalados 100 tele-pluviômetros, distribuídos por todas as regiões do Estado.

Os primeiros equipamentos foram instalados nos municípios de Ceará-Mirim e Guamaré. Os 100 tele-pluviômetros fazem parte do projeto de Modernização da Meteorologia Potiguar, que já instalou 15 Estações Automáticas.

General Mourão diz que Bolsonaro foi omisso no caso Queiroz

14 de dezembro de 2018 | _
Essa parceria de Bolsonaro e Mourão não tem cara de que deve durar por muito tempo não. O general não tem perfil pra segurar a onda de subordinação ao capitão não. O general Hamilton Mourão, vice presidente do Brasil vai se tornando cada vez mais uma pedra no sapato do presidente Bolsonaro.

A voz crítica e divergente no governo de transição de Bolsonaro de Mourão, já surge como alerta. O vice-presidente eleito atacou mais uma vez o comportamento dúbio do namber one, ao dizer que ele deveria ter falado antes sobre a movimentação bancária do motorista Fabrício Queiroz. O general entende que a omissão de Bolsonaro eleva a pressão sobre o novo governo.

O jornalista Bernardo Mello Franco, do jornal O Globo, destaca a fala literal de Mourão: "ele demorou a falar. Podia ter falado antes. Esperou aumentar a pressão."

Você tem medo de "gopi?"

Morre Eunice Paiva, protagonista na luta contra a ditadura

| _
Símbolo da luta contra a ditadura, Eunice Paiva morreu nesta quinta-feira, 13 de dezembro de 2018, em São Paulo. Ela convivia há 14 anos com alzheimer e tinha 86 anos. Deixa cinco filhos: Marcelo, Veroca, Eliana, Nalu e Babiu.

Eunice teve papel central na busca por informações sobre o paradeiro de Rubens Paiva, ex-deputado desaparecido depois de ser preso, torturado e assassinado pela ditadura militar nos porões do DOI-CODI no Rio de Janeiro entre os dias 20 e 22 de janeiro de 1971.

Estudou Direito na tradicional universidade Mackenzie, já depois da viuvez. Conciliava a vida de mãe e de pai de cinco filhos com a rotina estudantil. Tornou-se advogada e se engajou em lutas sociais e políticas, como as causas indígenas, nos anos 80 e 90.

Eunice Paiva é uma das personagens do Heroínas dessa História, projeto que o Instituto Vladimir Herzog está realizando para dar visibilidade às trajetórias de mulheres que tiveram seus familiares mortos pelas mãos armadas do Estado e que fizeram de suas vidas uma constante luta por memória, verdade e justiça.

O Instituto Vladimir Herzog lamentou a morte de Eunice e manifesto toda sua solidariedade à família.. "Talvez não por coincidência, Eunice morre no dia em que a promulgação do AI-5 completa 50 anos: um protesto de quem nunca deixou de lutar por um país democrático, mais justo e que garanta o direito a memória e justiça a todos os seus cidadãos", afirma ma nota do instituto.

Para sempre, em nossos corações

A ex-presidenta Dilma Rousseff se manifestou sobre a morte de Eunice. Segundo ela "de todos as combatentes que denunciaram os assassinatos e abusos cometidos pela ditadura militar, durante os anos de chumbo, a figura de Eunice Paiva é uma daquelas que permanecem para sempre vivas e cheias de força em nossos corações". Dilma afirmou ainda que "pela coragem de denunciar o desaparecimento de Rubens Paiva, pela lição de vida em transformar a própria dor num estandarte da liberdade e da defesa dos direitos humanos".

Informações do Instituto Wladimir Herzog e de agências

Biópsia para pacientes do SUS com suspeita de câncer é aprovada

| _

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 275/15, da deputada Carmen Zanotto (PPS-SC), que garante aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) com suspeita de câncer o exame de biópsia em até 30 dias. A proposta segue para o Senado.

A relatora, deputada Jô Moraes (PCdoB-MG), defendeu a aprovação do texto original. A medida está incluída na pauta de reivindicação da bancada feminina, ponto ressaltado por Jô Moraes.

“É uma conquista para as mulheres garantir que se façam exames para diagnóstico no caso de suspeita de câncer em 30 dias. É uma garantia de sobrevivência”, disse.

Procuradora-geral da República Raquel Dodge denuncia senador José Agripino Maia ao STF

| _
A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, denunciou nesta quinta (13) o senador José Agripino Maia (DEM-RN) ao Supremo Tribunal Federal (STF), com mais dois acusados, pelos crimes de associação criminosa e peculato. A procuradoria acusa o parlamentar de manter um funcionário fantasma em seu gabinete durante sete anos. Conforme a PGR, o funcionário fantasma era gerente de uma farmácia em Natal e nunca esteve em Brasília.

Na denúncia, a procuradoria afirma que foram desviados dos cofres públicos cerca de R$ 600 mil entre 2013 e 2016. Pelo suposto desvio, a PGR também pediu ao Supremo o pagamento de indenização por danos morais coletivos no mesmo valor do suposto desvio.

Defesa
Por meio de sua assessoria, o senador afirmou que a denúncia não é verdadeira e que nunca houve nenhum funcionário fantasma em seu gabinete.

"A acusação que me fazem não é verdadeira. Nunca tive, nos quatro mandatos de senador que exerci, nenhum funcionário fantasma no meu gabinete. Asseguro que isso ficará demonstrado na resposta que oferecerei à denuncia", afirmou Agripino Maia.

Polícia do RJ cumpre primeiros mandados de prisão no caso Marielle Franco

13 de dezembro de 2018 | _
Agentes da Divisão de Homicídios da Polícia Civil cumprem mandados de prisão e busca e apreensão relacionados ao caso das mortes da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes. O objetivo da operação é prender milicianos, alguns deles são suspeitos de estarem envolvidos no crime.

Ao todo, são revistados 15 endereços nesta 5ª feira (13.dez.2018). Os policiais estão na Zona Oeste do Rio, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense; em Angra dos Reis, no Sul do RJ; em Petrópolis, na Região Serrana; e em Juiz de Fora, em Minas Gerais.

Os mandados estão relacionados a 1 inquérito à parte. No entanto, de acordo com o delegado que está à frente das investigações, Giniton Lages, todos têm ligação com os assassinatos.

Segundo o delegado, os mandados já tinham sido expedidos há aproximadamente 1 semana, mas a polícia esperou o momento em que as investigações em andamento fossem menos afetadas.

As mortes completam 9 meses nesta 6ª feira (14.dez).

Getúlio Moura recebe na ALRN Medalha do Mérito Legislativo

| _
O macauense Getúlio Moura recebe Medalha do Mérito Cultural "Câmara Cascudo" na assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, a honraria foi entregue pelo deputado George Soares (PR).

Também receberam a Medalha do Mérito Cultural "Câmara Cascudo" os homenageados, Ana Maria Barbalho Teixeira; Cinthia Lopes; Giannini Alencar; Iaperi Soares de Araújo; Marcos Antônio Leonardo de Paula; Valério Mesquita.

Prestigiou a solenidade o vice prefeito de Macau, Rodrigo Aladim.

Assembleia homenageia personalidades com Medalha do Mérito Legislativo

| _
Assembleia Legislativa faz homenagens a personalidades do Estado do RN que de alguma forma engrandece o nome do Estado Potiguar.

O parlamentar destacou que as homenagens foram uma forma de reconhecimento a pessoas que, de um modo ou de outro, “aproveitam oportunidades de fazer o bem aos companheiros de viagem” e deixam suas marcas através de boas ações em prol do bem comum. “A atitude de reconhecer e homenagear é um gesto de desprendimento e demonstração de consideração. É a bandeira desta Casa diante de personalidades que engrandecem nosso Estado”, sintetizou.

A governadora eleita Fátima Bezerra (PT) falou em nome dos agraciados e agradeceu  as homenagens. afirmou que era uma honra ter o reconhecimento ao lado de figuras tão ilustres, admiradas e respeitadas. A senadora lembrou o pioneirismo das mulheres potiguares na política, como Alzira Soriano, primeira prefeita eleita no Brasil e a própria Maria do Céu Fernandes.

Fátima Bezerra recebeu a Medalha do Mérito Social, um reconhecimento às mulheres que tem dedicação à causa social. Tem o nome de Maria do Céu Fernandes, a primeira deputada do Brasil, que se destacou pela responsabilidade no trato com a coisa pública. A governadora eleita também foi homenageada com a Medalha do Mérito Educacional Noilde Ramalho, pela sua dedicação à causa da Educação.

PM é baleado em Barro Vermelho

| _
Soldado da Polícia Militar foi baleado nas pernas e no abdômen na manhã desta quinta (13) na Rua Professor Clementino Câmara, no Barro Vermelho, bairro na Zona Leste de Natal, na entrada de uma clínica de fisioterapia. A PM ainda não soube precisar se a vítima foi alvo de um assalto, se ele tentou evitar um roubo à clínica ou se os criminosos já se aproximaram dele com a intenção de matá-lo.

Segundo relatos, logo após a ação criminosa, quatro homens armados fugiram em um táxi levando a arma do policial. O soldado foi socorrido ao Pronto-Socorro Clóvis Sarinho em estado grave.

A PM realiza diligências na região na tentativa de encontrar os criminosos.

Macau: mesmo com arrecadação recorde gestão continua com atraso de salários de ativos e inativos

| _
Prefeito de Macau vive na controvérsia do discursos da bonança


Em seus discursos, infamados durante a campanha de 2016 o então candidato a prefeito de Macau, Tulio Lemos, se aproveitou do gogó, pintando e bordando, o que até agora foi apenas conto. Lemos cometeu o maior de seus estelionato político, fato este estampado nos quatro cantos da cidade. Usuário de uma frase que acabou virando jargão da oposição após assumir o comando do município macauense " Dinheiro tem, o que falta é gestão", Tulio tem vivido dias de ouro com os significativos aumentos na arrecadação do município, mas ainda assim, não consegue regularizar as contas publicas do município salineiro.

Servidores ativos e inativos, encontram-se com salários em atraso.

Ontem, a justiça determinou que o prefeito coloque todos os vencimentos de servidores em dia, inclusive cumpra com o pagamento do 13º salário.

Também ontem, circulava uma nota da prefeitura informando que pagaria hoje (13), o 13º salário dos servidores efetivos do município. Esse dinheiro é repasse do Governo Federal para ser obrigatoriamente empregado ao pagamento deste benefício ao trabalhador, dividido em 2 vezes, a 1ª parte foi repassada em julho.

O prefeito não pode mais, usar sua desculpas de que a gestão Einstein entregou o município falido. Isto não é verdade, mesmo porque em seu discurso como dizemos acima, o prefeito dizia que hávia dinheiro e faltava gestão.

Então o que realmente falta é gestão e sobra muito dinheiro. É preciso saber porque com uma arrecadação de R$ 10 milhões, antes beirava apenas R$ 7 milhões o prefeito hoje não consegue sair do caos financeiro.

Falta planejamento e gestão, e isto é fato. Não há justificativa para outro discurso, uma vez que os valores arrecadados pela Prefeitura de Macau só aumentaram na gestão do atual governo. Em sua gestão como prefeito desde que assumiu o comando da prefeitura, a arrecadação só cresce, mas no município o que se ver é uma crise econômica iminente. Talvez se o prefeito realizar ações para controlar as finanças da Prefeitura, diminuindo os gastos, cortando excessos, respeitando o servidor público e corte em contratos desnecessários, isso possa garantir uma recuperação administrativa.

O país verde e amarelo de bolsonaro

| _
O presidente eleito Bolsonaro, martela na cabeça do brasileiro a "carteira de trabalho Verde e Amarela" para jair se acostumando com a informalidade e sem os direitos garantidos ao trabalhador no artigo 7º da Constituição Federal. A opção pela carteira verde e amarela, na verdade, será entre ter emprego ou ter direitos, como diz Bolsonaro, como se para gerar emprego fosse necessário promover o retrocesso trabalhista.

Ontem em reunião com bancadas de vários partidos, o presidente disse que as leis trabalhistas, devem levar o trabalhador para mais próximo da informalidade.


Disse ainda Bolsonaro achar 1 absurdo os direitos como está no art. 7º da CF, onde o trabalhador tem direitos adquiridos como, férias; 13º salário; seguro desemprego; remuneração do trabalho noturno superior à do diurno;


Isso mesmo! é esse cara que elegemos para administrar o Brasil.


A proposta da carteira verde amarela, além de retirar direitos trabalhistas, não garante a geração de emprego.

Colostomizado Bolsonaro finge fazer flexões; bom economizar energias pra semana que vem

| _
O presidente eleito bem que pode Jair se acostumando com os repousos recomendados por seus médicos, assim como, disse semana passada quando veio a público o escândalo de corrupção envolvendo 1 assessor de seus filho na ALERJ, arrolado em encrenca de mais de R$ 1,2 milhão, além de repasse de parte desse montante a futura 1ª dama Michele Bolsonaro através de chque de R% 24 mil.

Bolsonaro prestou-se hoje fingir que fazia “flexões de braço” com os jovens agentes da Polícia Federal. É bom que ele guarde todas as energias para os próximos dias, quando Fabrício Queiroz (assessor) de seu filho deputado estadual e senador eleito pelo Rio de Janeiro -- vai de acordo com o “Estadão” prestará depoimento na próxima semana para contar, quem sabe, a “história plausível” que prometeu Flávio Bolsonaro, ex-empregador do amigo do pai.

Foi ridículo o  marketing de Bolsonaro, fingindo fazer flexões com policiais, estando ele com uma bolsa de colostomia.

Justiça de Macau determina que prefeito pague salários de aposentados e efetivos em dia

| _

O ex-prefeito de Macau e advogado Einstein Barbosa tem sido um pé no saco do prefeito Tulio Lemos. Defensor das causas enfrentadas pelas classes trabalhadoras municipal, o advogado impetrou na justiça de Macau, mandado de segurança representando o SINDSMAC, e conseguiu da justiça "quase cega" de Macau, imputar ao prefeito de Macau que pague todos os servidores efetivos e aposentados dentro do mês, e proibiu o prefeito de parcelar os salários.

O MP tem conhecimento, por exemplo, das mais mais de 60 empresas prestando serviços para a prefeitura, onde esses não são percebidos pela população. Para isso, basta correr o olho em várias partes da cidade e interior e ver o abandono, seja - em escolas, em quadras, ginásios, praças abandonadas e rua escuras.

Tudo isto com o aumento de receitas de mais de 10 milhões de reais.

Foram estes e mais motivos que fizeram a justiça determinar que o município pague em dia salários de servidores aposentados e efetivos.

2º o blog apurou, Tulio pode aguardar que da parte do ex-prefeito e advogado Einstein Barbosa, ainda vem muito mais.


MP pede prisão do médium João

12 de dezembro de 2018 | _
 
Em meio ao crescente número de denúncias de abuso sexual e assédio, João de deus apareceu para trabalhar na Casa Inácio de Loyola, seu consultório espiritual em Abadiânia (GO).

Cercado por seguidores, ele afirmou inocência e disse estar à disposição da Justiça. “Quero cumprir a lei brasileira, eu estou na mão da lei brasileira. O João de deus ainda está vivo”, afirmou. Houve tumulto e o médium deixou o local após cerca de dez minutos; acompanhantes disseram à imprensa que ele passou mal.

É a primeira vez que o médium vem a público desde a divulgação do caso, no último sábado 8, quando 12 mulheres relataram ter sido vítimas de crimes sexuais praticados pelo médium. Até agora, ele tinha se limitado a compartilhar em seu perfil do Facebook textos e vídeos de fiéis em apoio a ele.

Apesar das denúncias, a Casa Inácio de Loyola anunciou por meio de assessoria de imprensa que manterá os atendimentos. Isso mesmo com o Ministério Público de Goiás ter solicitado à Justiça, na noite da última quarta (12), a prisão preventiva do religioso.

Novas denúncias

Segundo informações do Ministério Público de Goiás, 206 mulheres haviam se apresentando à Justiça até a última terça (13). Duas delas são estrangeiras que vivem nos Estados Unidos e na Suíça. As denúncias de brasileiras partiram de dez estados: Goiás, Distrito Federal, Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Rio de Janeiro, Pernambuco, Espírito Santo, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul.

A orientação é para que as possíveis vítimas procurem o Ministério Público de seu respectivo estado, que fica responsável pela coleta das provas. O material é enviado na sequência á força-tarefa do MP goiano.

Em programa da TV Record, filha de João também declarou ter sido vítima do médium por anos.

Relator da Reforma Trabalhista, Marinho vai trabalhar pra detonar com aposentaria do trabalhador brasileiro

| _
Relator da reforma trabalhista na Câmara assume Secretaria Especial da Previdência para aprovação da Reforma no início de 2019. Prioridade número um do governo Bolsonaro e de todo o empresariado que quer descontar a crise no trabalhador brasileiro

O deputado potiguar Rogério Marinho (PSDB), convidado por Paulo Guedes, será o oficializado como titular da Secretaria Especial da Previdência em 02 de janeiro e já chega afirmando que trabalhará com sua equipe pela aprovação da reforma ainda no início de 2019. Tal aprovação será uma verdadeira prova de fogo para o governo de Bolsonaro, já que para o mercado que manda na política do país, tal medida é essencial para a sustentabilidade das propostas do novo governo (aumentar seus lucros em primeiro lugar), o que reforça a necessidade de que todos os esforços se voltem para aprovação da medida, e para que Bolsonaro siga sendo “bem visto” pelos capitalistas.

Já são diversas as chantagens, ameaças aos trabalhadores e falsas justificativas para que se aprove a reforma, inclusive a falácia de que tal medida é imprescindível para a economia nacional. As falas absurdas sempre vão no sentido de que é preciso “tirar” de algum lugar, e não sendo da previdência, os “ajustes” deverão ser feitos na saúde, educação e afins, já que os privilégios dos juízes que não são eleitos por ninguém, e dos políticos que nadam na corrupção, esses sim são intocáveis.

O que vemos é que se trata de uma grande manobra retórica para implementar um ataque brutal à classe trabalhadora, já que a referida reforma previdenciária, ou o aumento de impostos, servem apenas para alavancar a corrupção dos esquemas da extrema direita, que vieram substituir aqueles organizados pelo PT e atacados pela Lava Jato para abrir o caminho dos seus próprios negócios, como acompanhamos agora com o escândalo do milhão do motorista de Bolsonaro.

Marinho traz na bagagem sua atuação como relator da "vitoriosa" Reforma Trabalhista na Câmara, tendo sido fiel escudeiro dos ataques do governo Temer. Agora, vem para cumprir a função de aprovar a absurda e já impopular reforma da previdência, para que os trabalhadores trabalhem, literalmente, até morrer.

Marinho pode dar adeus ao sonho de ser prefeito de Natal. Em outubro recebeu o recado do eleitor potiguar, de que sua defesa como relator da Reforma Trabalhista, não agradou o trabalhador , prova disso foi sua derrota esmagadora nas eleições passada. Agora como ferrenho defensor da Reforma da Previdência, Marinho deve certamente dar a deus a suas pretensões de ser prefeito da capital potiguar.

Vereadores de Natal aumentam verba de gabiinete para 22 mil mês

| _

A Câmara Municipal de Natal que atravessa a maior crise financeira da sua história, aprovou nesta terça (12) em regime de urgência e sem divulgar o aumento da verba de gabinete dos vereadores de R$ 18 mil ao mês para R$ 22 mil.

A câmara está devendo a fornecedores mais de 2 milhões em atrasados.

Previsto para o dia 18 de dezembro, está a exoneração de todos os seus cargos comissionados antecipadamente para poder cumprir a folha de pagamentos.

Com o aumento a casa passa a gastar por mês R$ 638 mil, aumentando o gasto com verba indenizatória (cota para exercício parlamentar) de gabinete a quantia de R$ 1,3 milhão no período de um ano.

Se ausentaram da sessão que aprovou o aumento os vereadores Eleika Bezerra, Ana Paula, Julia Arruda, Cicero Martins, Ériko Jacome e Ary Gomes.

O Aumento vale a partir de abril de 2019.

Novo minstro do Meio Ambiente recebe mais uma acusação; abuso de poder econômico na eleição

| _
Ricardo Salles, futuro ministro de Meio Ambiente do governo Jair Bolsonaro (PSL), foi acusado, nesta (11), pelo Ministério Público Federal (MP), de abuso de poder econômico e uso indevido de meios de comunicação nas eleições de 2018. O órgão pede a inelegibilidade, por oito anos, de Salles.

O futuro ministro foi candidato neste ano, pelo partido Novo, à deputado federal, mas não conseguiu se eleger. Hoje ocupa a primeira suplência para o cargo pela sigla.

A acusação se soma à ação de improbidade administrativa por suspeita de ocultação de alterações em mapas de zoneamento ambiental do rio Tietê, na Grande São Paulo, durante o período em que Salles foi secretário de Meio Ambiente do governo de São Paulo na gestão de Geraldo Alckmin (PSDB).

Depósitos de ex-assessor de Flávio Bolsonaro coincidem com pagamentos na Alerj

| _

Análise do relatório do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) revela que a maior parte dos depósitos em espécie na conta de Fabrício José Carlos de Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, coincidem com as datas de pagamento na Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro).

O documento aponta ainda que 9 ex-assessores do deputado estadual e senador eleito repassaram dinheiro para o motorista.

Analisando as datas dos depósitos feitos em dinheiro nas contas do ex-assessor com os dias de pagamento dos salários da Alerj entre janeiro de 2016 e janeiro de 2017, é possível verificar que em praticamente todos os meses foi depositado dinheiro na conta de Fabrício no mesmo dia –ou poucos após– do pagamento de salário na Alerj. O cruzamento dos dados foi feito pelo Jornal Nacional, da TV Globo.

Segundo o jornal, em março, abril, maio, junho, agosto e novembro houve depósitos no mesmo dia do pagamento.

Em dezembro, teve depósitos 1 dia depois do salário e no mesmo dia em que foi pago o décimo-terceiro para os funcionários da Alerj.

Sobre os saques de Fabrício, o JN mostrou que nos meses de março, abril, maio, junho e novembro ele começou a tirar dinheiro da conta no mesmo dia em que foram feitos os depósitos ou nos seguintes. Na maioria das vezes, o saque foi de R$ 5 mil, o valor do limite diário por agência bancária.

O cruzamento mostra ainda que, em pelo menos 2 dias, Fabrício foi a 3 agências para sacar dinheiro, somando R$ 15 mil no total.

PF cumpre mandados de busca e apreensão em SP, RJ e MG

11 de dezembro de 2018 | _
Equipes da Polícia Federal e do Ministério Público Federal cumprem, na manhã desta terça (11), mandados de busca e apreensão em imóveis de deputado em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais.

Os mandados são cumpridos nos imóveis do senadores Aécio Neves (PSDB-MG) e do deputado federal Paulinho da Força (SDD-SP), além da irmã do senador Aécio Neves, a jornalista Andréa Neves, no Rio e em Minas Gerais.

A informação de que a PF também cumpria mandado no apartamento do senador potiguar, José Agripino (DEM-RN) não é confirmado. A Globo News corrige a informação, onde diz que apesar de sere alvo da investigação, o ministro Marco Aurélio de Melo não autorizou o pedido da Polícia Federal de busca e apreensão no apartamento do parlamentar potiguar. assessoria do senador nega e diz que  

A procura de documentos faz parte de operação baseada em delações de Joesley Batista e Ricardo Saud. Os executivos do grupo J&F relataram repasse de propina de quase R$ 110 milhões ao senador do PSDB.

Bolsonaro é diplomado presidente e Mourão vice

10 de dezembro de 2018 | _

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) realizou nesta segunda (10) a cerimônia de diplomação do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), e seu vice, o general Hamilton Mourão (PRTB). No evento, foram entregues os diplomas, documentos assinados pela presidente do TSE, ministra Rosa Weber, atestando o resultado das eleições. O ato permite que os eleitos tomem posse no cargo.

Bolsonaro indicará pelo menos 12 nomes no Judiciári

| _
Nos seus 4 anos no Planalto, Bolsonaro indicará ministros para Cortes Superiores, em Brasília, e desembargadores para a Justiça Federal.

A lei determina que esses magistrados devem se aposentar compulsoriamente ao completar 75 anos.



Adriano é o novo prefeito elleito de Guamaré

9 de dezembro de 2018 | _
Concluída a totalização dos votos da eleição suplementar do município de Guamaré, no Rio Grande do Norte. Francisco Adriano Holanda Diógenes e Iracema Maria Morais da Silveira (MDB) foram eleitos prefeito e vice, respectivamente.

Francisco Adriano de Holanda Diógenes (PMDB) obteve  6.176 votos, o que corresponde a 52,43% dos votos válidos. O outro candidato, Mozaniel  de Melo Rodrigues ( Solidariedade)  alcançou 47.57% dos votos válidos.

De acordo com o calendário estabelecido na Resolução do TSE nº 23.280/2010, os eleitos serão diplomados no próximo dia 19 de dezembro de 2018.

O município de Guamaré pertence à 30ª Zona Eleitoral do Rio Grande do Norte e possui 13.726 eleitores. As eleições suplementares organizadas pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) aconteceram sem ocorrências.

O presidente do TRE-RN, desembargador Glauber Rêgo, acompanhado do juiz Emanuel Telino Monteiro, visitou várias seções eleitorais e constatou o clima de tranquilidade.

As eleições suplementares foram realizadas em conformidade com a Resolução do TSE nº 23.280/2010, em virtude da cassação e perda de mandato do prefeito Hélio Willamy, e sua vice, Professora Iracema Maria.

Ex-secretário de Alckmin, Ricardo Salles comandará Meio Ambiente

| _
O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), indicou o ex-secretário de Meio Ambiente de São Paulo Ricardo de Aquino Salles, 43 anos, para comandar o Ministério do Meio Ambiente a partir do ano que vem.

Como de costume o presidente tem feito os anúncios de indicações feito pelo Twitter e hoje não foi diferente.
O ruralista Ricardo Salles“é o homem certo no lugar certo” já que o presidente eleito demonstrou que não valoriza as questões ambientais e seu indicado pensa e age do mesmo modo. Fundador do Endireita Brasil, o futuro ministro defendeu, em sua frustrada campanha para deputado federal, a eliminação esquerda.

O então secretário de Meio Ambiente de São Paulo é também presidente do movimento Endireita Brasil.

Último ministro indicado para a equipe de Bolsonaro, Ricado Salles como secretário, no governo Alckmin alterou de maneira ilegal o plano de manejo na área de proteção ambiental Várzea do Tietê para beneficiar empresários – o que levou a Justiça paulista torná-lo réu em um processo por improbidade administrativa. 

Médium de políticos e poderosos, João de Deus é acusado de abusar de mulheres

| _
Médium faz ‘cirurgias espirituais’; João atendeu Dilma, Lula e Barroso

Doze mulheres dizem ter sido sexualmente abusadas pelo médium João de Deus, famoso por realizar “cirurgias espirituais”. O caso foi revelado em entrevistas ao jornal O Globo e ao jornalista Pedro Bial, da TV Globo.

O programa “Conversa com Bial“, que foi ao ar 6ª feira (7.dez.2018), mostrou 4 relatos. São de 3 brasileiras que pediram para não serem identificadas e da

João de Deus mantém o hospital espiritual Casa de Dom Inácio desde 1976 na cidade de Abadiânia (GO), a cerca de 90 km de Brasília (DF). Foi apadrinhado por Chico Xavier (1910-2002), médium mais famoso do Brasil.

Ele já atendeu a milhares de pessoas, entre elas políticos, empresários poderosos e celebridades do Brasil e do mundo. Leia alguns nomes e veja imagens na galeria abaixo:

Moro tenta "chegar" em Lula desde o Mensalão, revela Onyx

| _
O ministro anunciado da Casa Civil Onyx Lorenzoni disse, em entrevista a um programa da GloboNews, que sua relação com Sergio Moro existe desde 2005 e que, já naquela época, o então juiz da 13ª Vara Federal de Curitiba - a única especializada em crimes de colarinho branco - pediu a atualização de duas leis que foram utilizadas pela Lava Jato para condenar e prender o ex-presidente Lula.

"(...) O pessoal de casa vai entender agora. A primeira [mudança em lei] que ele [Moro] pediu, em 2005, foi a atualização da delação premiada. Levou 7 anos para fazer. (...) A outra, a transformação do crime de levagem de dinheiro de crime acessório para crime principal, hoje [com pena] de 6 a 12 [anos de prisão], o que permite essas condenações volumosas em anos."

"Foram [as duas leis] a diferença entre, no Mensalão, [o Judiciário] não ter chego no Lula e, no Petrolão, sim."

A Lava Jato em Curitiba, sob a batuta de Moro, elaborou e deixou vazar uma série de acordos de delação premiada que atingiram Lula nos últimos anos. Há ainda casos de presos da Operação, como Léo Pinheiro, da OAS, e Antonio Palocci, ex-ministro da Fazenda, que aceitaram delatar Lula de maneira informal, ou seja, sem ter assinado acordo de cooperação com o Ministério Público. Palocci, nos últimos meses, conseguiu negociar o termo com a Polícia Federal e deixou a penitenciária após ter implicado Lula, sempre seguindo o script dos procuradores.

Com a lei da lavagem de dinheiro, Moro conseguiu construir uma condenação para Lula relacionamento supostos benefícios à OAS dentro do governo petista, com contratos na Petrobras, à formação de uma caixa 2 com o PT, de onde teriam saído recursos para a reforma de um apartamento no litoral paulista. Moro entendeu que houve, com a "atribuição" do triplex a Lula, crime de lavagem.

RELAÇÃO COM ONYX

Segundo Onyx, sua relação com Moro "vem de dezembro de 2005. Eu era subrelator das normas de combate à corrupção da CPI dos Correios e convidei o Moro, naquela época [para participar das discussões]. Ele trouxe uma série de contribuições, duas muito relevantes."

Onyx disse ainda que desde 2005 vem "sofrendo perseguição por parte do PT". Naquele ano, "o PT tentou cassar meu mandato para impedir que um fato que eu identifiquei de José Dirceu batesse no presidente Lula."

Ele mostrou na entrevista que tem relação com Moro há mais de 10 anos. Recentemente, ao ser questionado sobre a acusação de uso de caixa 2 na campanha do deputado, o ex-juiz respondeu que Onyx tem sua confiança pessoal e que já pediu desculpas pelo crime eleitoral. A declaração causou polêmica, mas Moro segue colocando a mão no fogo pelo colega de ministério.

‘Ele precisa dizer de onde saiu’, diz Mourão sobre o R$ 1,2 mi de Queiroz

| _

O vice-presidente eleito, general Hamilton Mourão, disse neste sábado (8) que falta explicação para o caso de Fabrício Queiroz.

Segundo relatório do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras), o ex-motorista do deputado estadual e senador eleito Flávio Bolsonaro realizou transações financeiras atípicas no valor de R$ 1,2 milhão, de janeiro de 2016 a janeiro de 2017.

“O ex-motorista, que conheço como Queiroz, precisa dizer de onde saiu este dinheiro. O Coaf rastreia tudo. Algo tem, aí precisa explicar a transação, tem que dizer”, disse Mourão em entrevista à jornalista Andréia Sadi, do G1.

O vice-presidente eleito disse ainda que Queiroz foi soldado dele em 1987, quando deixou as Forças Armadas. Afirmou que ele era 1 “excelente soldado”.

Queiroz também realizou depósitos no valor de R$ 24.000 na conta de Michelle Bolsonaro, futura primeira-dama. Bolsonaro disse neste sábado (8.dez) que o valor faz parte de 1 empréstimo de R$ 40.000. “Ele colocou a justificativa dele”, disse Mourão.

Quando questionado qual era a avaliação dele sobre a postura do futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorezoni, por ter abandonado uma coletiva de imprensa, Mourão diz: “ele tá estressado. Quando responde daquele jeito, parece que tem culpa no cartório. Quando me perguntam, eu respondo claramente, com tranquilidade. Temos que falar”.

O vice-presidente eleito defendeu durante a entrevista que o governo dê explicações sempre à sociedade, sem se furtar quando cobrado: “senão fica parecendo que está escondendo algo”.

Juiz e futuro ministro dos Bolsonaros Sergio Moro na saia-justa na Operação Furna da Onça

7 de dezembro de 2018 | _
O que se passa na cabeça do algoz do Lula, o futuro ministro da justiça Sergio Moro, quando veio a tona o escândalo envolvendo a (família Bolsonaro), a senador eleito Flávio Bolsonaro e a futura 1ª dama Michelle Bolsonaro?

A partir de 1º de janeiro,  o juiz ministro da justiça será o chefe da Polícia Federal e do Coaf e assim como jabuti não sobe em árvore, o Ministério Público, o Coaf e outras corporações do setor de investigações não dão ponto sem nó.

O vazamento do relatório que apontou movimentação atípica de R$ 1,2 milhão na conta de um ex-assessor do senador eleito Flávio Bolsonaro — apontando inclusive um cheque de R$ 24 mil para a futura primeira dama Michelle Bolsonaro — criou uma saia-justa para o novo governo. A pergunta que não quer calar em Brasília é se, antes mesmo da posse, a família Bolsonaro começará a ser investigada.

Tal investigação não existe ainda. Fabrício Queiroz, o ex-assessor do filho 01 na Alerj, entrou numa lista de 22 funcionários que, segundo o Coaf, tiveram movimentação financeira incompatível com seus ganhos. Essa lista foi anexada pelo Ministério Público à investigação que deu origem à Operação Furna da Onça, que teve como alvo os esquemas na Alerj.

Se a investigação for aberta, portanto, estará nas mãos do sujeito que abriu a caixa e soltou todos os monstros – que, agora, se torna numa palha de caranguejo incontroláveis. Seu comportamento será acompanhado com lupa para ver se o pau que bate em Chico bate em Francisco.

Onyx abandona entrevista após pergunta sobre ex-assessor de Flávio Bolsonaro

| _
O futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, se irritou com perguntas de jornalistas sobre a transferência de R$ 24.000 da conta de 1 motorista do deputado estadual e senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) para a futura primeira-dama, Michelle Bolsonaro, e abandonou uma entrevista à imprensa nesta sexta (17).

Após 1 evento do grupo Lide, em São Paulo, Lorenzoni falou com jornalistas. Foi questionado com insistência sobre o relatório do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) apontando movimentações financeiras atípicas no valor de R$ 1,2 milhão na conta do ex-assessor e ex-motorista de Flávio Bolsonaro, de janeiro de 2016 a janeiro de 2017.

O documento é fruto do desdobramento da Operação Furna da Onça, ligada à Lava Jato no Rio.

Onyx afirmou que queriam misturar o governo Bolsonaro com o governo do PT. Foi aí que ele se irritou, questionando quanto ganhava 1 dos repórteres e abandonou a entrevista.

“Eu lá sou investigador? Qual é a origem do dinheiro? Quando o senhor recebeu este mês? Não tem cabimento essa sua pergunta”, disse o ministro. “Um milhão eu não recebi”, respondeu o repórter.

Assista abaixo a cena registrada pelo repórter Pedro Durán, da rádio CBN e publicada no Twitter:

Ex-prefeito de Macau dar entrada em aposentadoria

| _
O ex-prefeito José Antonio Menezes, deu entrada na aposentadoria e pendura as chuteiras ainda neste mês de dezembro de 2018. Calma aí! Zé deu entrada no aposento de sua profissão como médico.

Já como político, o médico Zé Antonio tem confessado a amigos próximos que tem sim, o desejo ainda de ser prefeito mais uma vez de Macau.

Zé será candidato a prefeito em 2020.

Ah! e uma vez médico, sempre médico.

O ex-presidente Fernando Collor está no páreo pela presidência do Senado.

| _
O congressista foi recebido pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, há poucos dias, na semana passada. É 1 nome que agrada aos bolsonaristas para o comando da Casa em 2019.

Collor é visto por aliados de Bolsonaro como alguém que “tem energia” e que poderia realizar o sonho de alguns no governo de transição: aprovar o processo de impeachment contra 1 ministro do STF (Supremo Tribunal Federal).

Na mira bolsonarista, estão, pela ordem, os ministros Edson Fachin, Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski e Luiz Fux. Muitos bolsonaristas mais radicais querem emparedar o STF logo no início do governo em 2019.

Partidos nanicos estão por trás da articulação pró-Collor, hoje no PTC e que em breve deve estar de mudança para o Pros.

Pela conta dos colloridos, o grupo contará no início de janeiro com 34 senadores do mínimo de 41 necessários para eleger Collor. O número representa a metade mais 1 do total de congressistas da Casa: 81.

O governo Bolsonaro dará continuidade a política do ‘toma lá, dá cá?’

| _
Se o nome do deputado ao invés de "Baleia" fosse "Boto" seria um folclore acreditar que a velha e histórica política do toma, lá da cá mudou. A única verdade que disse é que realmente estamos vivendo um novo momento na política nacional, mas que onde houver a velha raposa, haverá também os velhos costumes.

“Estamos vivendo uma nova política. O MDB não reivindicou cargos, não tem pretensão de indicar ninguém no governo, mas tem a responsabilidade de debater uma agenda programática”, disse o líder do partido na Câmara, Baleia Rossi, ao sair da reunião de sua bancada com Jair Bolsonaro no CCBB. Parece piada, e tem tudo para ser.

Afinal, a temperatura e a pressão do Planalto não mudaram, muito menos os personagens. O MDB perdeu um “P”, mas ainda é aquele partido de Michel Temer, dileto amigo de Baleia Rossi, e tantos outros figurantes de inquéritos e denúncias que pipocam em todas as instâncias do Judiciário – sem contar outros que, como Eduardo Cunha e Geddel Vieira Lima, andam presos por delitos cometidos em atividades políticas.

Seria muito bom acreditar que, eleito um novo presidente que prometeu acabar com o toma-lá-dá-cá, o MDB tenha se regenerado e se transformado num partido programático. Mas não dá. E quem diz que acredita, pode apostar, está fingindo.

Os políticos são os mesmos, eleitos sob o nosso anacrônico sistema eleitoral e partidário, organizados em torno dos interesses que sempre tiveram – aqueles que, dificilmente, serão os seus, os meus ou os da maior parte dos brasileiros.

O sistema político, partidário e eleitoral que trouxe e mantém esse pessoal em Brasília não mudou, ainda que tenha sido eleito um presidente da República com discurso contra a corrupção e a “velha” política. Bolsonaro, e os que o cercam, são tão fruto desse sistema quanto os demais. A “nova política” ainda não nasceu, lamentamos informar.

Vazam conversas de Eduardo Bolsonaro com estratégia do novo governo

| _
O barraco protagonizado por integrantes do PSL num grupo de WhatsApp , iniciado na madrugada desta quinta-feira, ainda não terminou. Um novo conjunto de mensagens mostra que, no início da tarde, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) entrou na discussão e acabou revelando um suposto plano do presidente eleito, Jair Bolsonaro, para influenciar na disputa pela presidência da Câmara.

O filho do presidente eleito entrou na discussão do grupo “Bancada PSL 2019” por volta de 12h50, depois de uma longa troca de acusações entre a deputada eleita Joice Hasselmann (SP) e o deputado e senador eleito Major Olímpio (SP). Eduardo Bolsonaro revelou aos integrantes do grupo que recebeu ordens do pai para conduzir articulações na Câmara apenas nos bastidores, de modo a não irritar o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

“O PSL está fora das articulações? Estou fazendo o que com o líder do PR agora? Ocorre que eu não preciso e nem posso ficar falando aos quatro cantos o que ando fazendo por ordem do presidente. Se eu botar a cara publicamente, o Maia pode acelerar as pautas bombas do futuro governo. Por isso, quem tem feito mais essa parte é o delegado Waldir no plenário e o Onyx via líderes partidários”, diz Eduardo Bolsonaro.

Em ação judicial, Embraer afirma estar à beira da falência

| _
Declaração consta em processo judicial e causou "perplexidade" em juiz federal que decide sobre liberação da venda da companhia para a Boeing

A Embraer S.A., empresa fabricante de aeronaves e terceira maior exportadora do Brasil, estaria à beira da falência, tendo como única possibilidade de salvação de seus negócios a fusão com a Boeing, transnacional norte-americana concorrente da companhia brasileira.

A informação sobre a situação pré-falimentar da Embraer - da qual o governo brasileiro é acionista minoritário mas detentor de direito a veto em negociações que resultem em mudança do quadro societário - foi dada pelos próprios advogados da empresa brasileira, em um processo judicial (Ação Popular número 5017611-59.2018.4.03.6100) que corre na 24ª Vara Cível Federal de São Paulo.

Na última quarta-feira 5, o juiz responsável pelo processo, Victorio Giuzio Neto, decidiu liminarmente (em caráter provisório) por suspender o processo de fusão das duas companhias, até que sejam esclarecidos pontos considerados por ele cruciais a respeito do poder decisório e divisão acionária na companhia que seria criada após a fusão.

de Carta Capital

Extra: Rogério Marinho assumirá Secretária Especial da Previdência no governo Bolsonaro

| _
O ministério da Economia, chefiado pelo economista Paulo Guedes, decidiu mudar a estrutura interna de sua pasta. Em vez de 6 agora serão 7 as Secretarias Especiais.

O novo cargo será chamado Secretaria Especial de Previdência e Emprego (ou Trabalho; o nome definitivo ainda está sendo definido).

O nome escolhido pelo ministro Paulo Guedes para titular da secretária é o do deputado federal Potiguar, Rogério Marinho (PSDB).

E Rogério será o 1º tucano no alto escalão do governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

Marinho, que não conseguiu se reeleger deputado, foi o relator da reforma trabalhista, que flexibilizou em 2017 várias normas da CLT (Consolidação da Leis do Trabalho). Foi execrado por centrais sindicais, mais muito elogiado por empresários.

Com Marinho à frente do processo, Paulo Guedes reforça ainda mais o teor liberal do governo a respeito de fazer uma reforma da Previdência para valer. O tucano  Rogério Marinho demonstrou ao mercado forte convicção a respeito da flexibilização da economia quando comandou a reforma trabalhista.