Presidente em exercício General Hamilton Mourão está em Natal

16 de setembro de 2019 | _
O presidente interino Hamilton Mourão estrá em Natal, participará na manhã desta segunda (16), de 1 evento com empresários alemães, a 37ª edição do Encontro Econômico Brasil Alemanha. Eis a programação. Os dois países atravessam uma fase arestosa em sua relação por divergências na área ambiental.

O evento é organizado pela CNI em parceria com a BDI (Federação das Indústrias Alemãs) em Natal (RN).

Mourão está no comando do Executivo enquanto o presidente Jair Bolsonaro se recupera de uma cirurgia de correção de uma hérnia incisional.

Os alemães têm interesse em negociar energia, fármacos e infraestrutura com o Brasil. Empresários enxergam neste evento uma chance de reaproximação entre os países, visto que o Brasil queimou algumas pontes com a Alemanha depois de desdenhar do dinheiro alemão para o Fundo Amazônia.

O filho 03 do presidente, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), fará palestra sobre “oportunidades para o investidor estrangeiro no atual governo”.

Em 10 de agosto, o Ministério alemão do Meio Ambiente decidiu suspender o financiamento de projetos para a proteção da floresta e da biodiversidade.

A chanceler alemã, Angela Merkel, anunciou que congelaria cerca de € 38 milhões –equivalente a R$ 155 milhões– no Fundo Amazônia, 1 programa de captação de recursos para prevenção e investimentos em meio ambiente na região amazônica.

O presidente Bolsonaro reagiu e disse que Merkel deveria “pegar a grana” bloqueada e reflorestar a Alemanha.

“Eu queria até mandar um recado para a senhora querida Angela Merkel, que suspendeu 80 milhões para a Amazônia. Pegue essa grana e refloreste a Alemanha, ok? Lá está precisando muito mais do que aqui”, disse o presidente.

Mendonça Filho é pré-candidato à Prefeitura do Recife em 2020

15 de setembro de 2019 | _
O ex-governador e ex-ministro, Mendonça Filho (DEM), se colocou à disposição da frente das oposições recifenses como possível candidato à Prefeitura do Recife em 2020. Para Mendonça, os governos de PT e PSB à frente do governo municipal chegaram a uma fadiga. "O império do PSB vai ser derrubado na eleição de 2020.

Na vida e na democracia a gente precisa experimentar, vamos buscar alternativa. Quando o sujeito está há muito tempo no poder acomodado isso o leva desvios de caminho, o que não é bom para o povo", afirmou Mendonça, em entrevista à Rádio Folha 96.7 FM.

Além dele mesmo, Mendonça colocou como candidaturas fortes do campo oposicionista na capital pernambucana o deputado federal Daniel Coelho (Cidadania), o deputado federal André Ferreira (PSC), o deputado federal Silvio Costa Filho (PRB), ou a deputada estadual Priscila Krause (DEM). O democrata reafirmou o discurso de unidade da oposição. "A gente vai fazer uma grande frente de oposição para derrubar o império do PSB em Pernambuco", ratificou.

O PT, citado por Mendonça Filho, governou o Recife de 2001 a 2011, com o atual deputado estadual João Paulo (hoje no PC do B), e o vereador João da Costa (PT). Já o PSB governa o Recife com Geraldo Julio desde 2012, sendo que tem o Governo do Estado desde 2007, com o ex-governador Eduardo Campos.

Morre em SP o cantor Roberto Leal, aos 67 anos

| _
O cantor estava internado havia 5 dias no Hospital Samaritano e morreu em decorrência de insuficiência renal causada por tumor.

O cantor português Roberto Leal morreu na madrugada deste domingo (15), em São Paulo, aos 67 anos. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do Hospital Samaritano, onde o cantor estava internado. Ele ficou conhecido pelas músicas "Arrebita" e "Bate o pé".
O cantor deixa a mulher, Márcia Lúcia, e três filhos.

A morte ocorreu devido a um melanoma maligno (tumor) que evoluiu, atingindo o fígado e causando síndrome de insuficiência hepato-renal. O cantor fez tratamento contra o câncer por dois anos. Segundo a assessoria de imprensa do cantor, Leal foi internado no hospital na última terça-feira (10).

Aneel muda regras para eólicas e solares em leilão; ex-diretor critica decisão

| _
A diretoria da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) aprovou mudanças nas regras para contratação de usinas eólicas e solares no próximo leilão A-6, previsto para 18 de outubro. De acordo com o edital, os contratos desses empreendimentos vão acompanhar a carga declarada pelo comprador, mês a mês. Eis a íntegra..

Na prática, as usinas serão responsáveis pelos custos da compra de energia no mercado de curto prazo quando não gerarem o que deveriam, por falta de sol ou vento. Antes, o montante era repassado para o consumidor.

Oposição garante assinaturas suficientes para criar CPI da Vaza Jato

13 de setembro de 2019 | _
A Câmara confirmou a validade das assinaturas que subscrevem um requerimento que chegou à Mesa Diretora na quinta (12), pedindo a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a conduta de Sergio Moro quando ele atuava como juiz da 13ª Vara Federal de Curitiba e era responsável pelos processos da Lava Jato.

O requerimento teve 175 assinaturas validadas. Conforme o regimento da Câmara, é preciso o apoio de um terço do total de deputados (171 assinaturas) para o pedido de instauração da CPI. Cabe agora ao presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), encaminhar a questão.

Presidente corta verba para vacina com país em plena epidemia

| _
Em plena epidemia de sarampo no país, o governo de Jair Bolsonaro (PSL) quer tira cerca de 1 bilhão de vacinas do Sistema Único de Saúde (SUS) no próximo ano.

A denúncia foi feita pelo ex-ministro da Saúde e deputado federal Alexandre Padilha (PT-SP) na tribuna da Câmara dos Deputados nesta quinta (12). Somente o estado de São Paulo já registrou quase 3 mil casos de sarampo.

A Secretaria Estadual de Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Sesap) confirmou ontem, quinta (12) o 4º caso de sarampo no Estado. Trata-se de uma mulher de 19 anos que teve contato com o homem que foi o primeiro caso confirmado de sarampo no RN. Ainda segundo a Sesap, outros 29 casos estão em investigação.

Até o momento, os 4 casos confirmados de sarampo foram de moradores de Natal, Macaíba, Extremoz e Tibau do Sul. Porém, 2º a Sesap, 2 destes casos são de pacientes que possivelmente contraíram a doença em São Paulo.

Casos de sarampo no Brasil chegam a 2.753 desde junho, com 4 mortes, diz Ministério da Saúde. O
Número é calculado a partir de quando começou um surto de transmissão da doença no país. A Maioria dos casos foi no estado de São Paulo.

Alexandre Padilha ainda considerou que esse movimento vai na direção do pensamento de Olavo de Carvalho, que é contrário às vacinas.

Boletim do ministério da saúde divulgado nesta sexta, aponta que casos de sarampo ultrapassam os 24 mil.

“Foi encaminhado pelo presidente Bolsonaro a proposta de orçamento do Ministério da Saúde pro ano de 2020 e o que mais me surpreendeu foi a proposta de redução dos recursos do Programa Nacional de Imunização, o programa nacional de vacinas. O Brasil está vendo a reemergência do sarampo, a falta de vacina pentavalente, a falta de vacina da polio, a destruição do PNI e Bolsonaro reduz os recursos para 2020”, declarou.

Pelo Twitter, Padilha ainda completou e comparou o corte no orçamento com o movimento anti-vacina.

José Agripino tem bens indisponíveis por decisão judicial e emite nota desaprovando a medida

| _
O Ministério Público Federal (MPF) obteve liminar que determina a indisponibilidade de bens do ex-senador José Agripino Maia, além de Raimundo Alves Maia Júnior (conhecido como Júnior Maia) e Victor Neves Wanderley (conhecido como Victor Souza). Os três respondem a ação de improbidade e denúncia por desvio de aproximadamente R$ 600 mil de recursos federais, por meio de um esquema de nomeação de “funcionário fantasma”.

A decisão da 4ª Vara Federal do Rio Grande do Norte deferiu pedido do MPF para bloqueio imediato de valores em dinheiro e, se necessário, também de veículos e bens móveis e imóveis dos réus em montante suficiente para garantir o ressarcimento do suposto dano causado.

Em nota a imprensa Agripino acha a medida injusta e desproporcional.

Confira a nota de Jájá:

Por entender a medida injusta e desproporcional, baseada em acusações inverídicas que ao final do processo restarão esclarecidas e tendo em vista que os motivos que ensejaram a decretação de indisponibilidade de bens já foram considerados ilegais e inconstitucionais pelo Supremo Tribunal Federal,exerço meu direito constitucional de defesa, entrando com o recurso cabível junto ao Tribunal Regional Federal da 5ª Região ,confiando em que a verdade dos fatos se restabeleça .

José Agripino Maia

Macau: Comissão que investiga suposta fraude envolvendo viaturas da prefeitura e combustíveis convoca secretários e motoristas

| _
A Comissão Especial de Inquérito sobre Possíveis Irregularidades na Contratação e Abastecimento de Combustível no âmbito da Prefeitura de Macau, se reúne nesta sexta (13) onde será dado o encaminhamento convocando secretários e motoristas para serem ouvidos na câmara.

A comissão que tem o vereador Italo Mendonca como relator, investiga suposto esquema envolvendo viaturas das secretarias em abastecimento irregular de combustíveis.

Os secretários a serem convocados pela comissão que investiga os abusos com a aquisição de combustíveis serão os atuais da Saúde, Educação e o ex-secretário de Agricultura Valfran.

Marcos Cintra deixa comando da Receita Federal

12 de setembro de 2019 | _
O Ministério da Economia anunciou nesta quarta (11) a saída do secretário especial da Receita Federal, Marcos Cintra, do comando do Fisco. No Twitter, o presidente Jair Bolsonaro disse que Cintra sai a pedido do próprio secretário por “divergências” sobre a reforma tributária.

Marcos Cintra era defensor da recriação de 1 imposto sobre pagamentos, nos moldes da antiga CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira). Segundo Bolsonaro, “a recriação da CPMF ou aumento da carga tributária estão fora da reforma tributária”.

Em nota, o ministério da Economia disse que “ainda que não há 1 projeto de reforma tributária finalizado” e que “a equipe econômica trabalha na formulação de 1 novo regime tributário para corrigir distorções, simplificar normas, reduzir custos, aliviar a carga tributária sobre as famílias e desonerar a folha de pagamento”.

 “A proposta somente será divulgada depois do aval do ministro Paulo Guedes e do presidente da República, Jair Bolsonaro”, diz o texto.

Macau: 144 anos de comemoração pelo aniversário e muitas vaias para políticos

10 de setembro de 2019 | _
As comemorações do aniversário de 144 anos da cidade de Macau teve de tudo. Principalmente vaias atribuídas ao prefeito de Macau e sua equipe. As vaias se estenderam aos senhores vereadores presentes, representantes da base.

Na praça o prefeito Tulio Lemos animou-se com o abraço de alguns macaenses mas logo viu que era só de alguns poucos - provavelmente de correligionários beneficiados.

As vaias também foram atribuídas a 1º dama do município Andreia Lemos, quando teve seu nome anunciado.

Bolsonaro estreia no 7 de Setembro ao lado de Silvio Santos e Edir Macedo

7 de setembro de 2019 | _
Jair Bolsonaro participou neste sábado de seu 1º desfile num 7 de Setembro como presidente da República. Levou para o palanque 12 ministros e 3 donos de TVs, os empresários Silvio Santos (SBT), Edir Macedo (Record) e Marcelo de Carvalho (RedeTV!). Na 6ª feira, Silvio e Edir, junto com suas mulheres, participaram de 1 jantar com Bolsonaro no Palácio da Alvorada.

No evento deste sábado, o chefe do Executivo federal estava acompanhado da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, dos filhos Carlos, Eduardo e Flávio Bolsonaro e da filha caçula, Laura.

A mídia marcou presença: Silvio Santos (SBT), Edir Macedo (Record) e Marcelo de Carvalho (Rede TV!) estiveram presentes

Bolsonaro e ministros justificam vetos à Lei de Abuso de Autoridade em live no Facebook

6 de setembro de 2019 | _
O presidente Jair Bolsonaro e 4 ministros do governo usaram a tradicional live semanal no Facebook para justificar nesta 5ª feira (5) alguns dos vetos feitos à Lei de Abuso de Autoridade. A lei (eis a íntegra) foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União. .

Foram 19 vetos ao texto enviado pelo Congresso Nacional: 14 artigos vetados integralmente e 5 de forma parcial. No total, 36 itens foram vetados. .

Bolsonaro dedicou 19 minutos de uma live de 52 minutos para falar sobre o tema. Iniciou ressaltando que os vetos devem voltar para análise do Congresso. “Agora, o que diz a regra do jogo democrático: a palavra final depende do Congresso. Então, o que nós sancionamos uma vez publicado passa a ser lei. O que nós vetamos vai para apreciação do Congresso”, disse.

Audiência debate atenção a jovens que cumprem medidas socioeducativas

5 de setembro de 2019 | _
Foi realizado na terça (3), Audiência Pública sobre o diagnóstico do atendimento oferecido aos adolescentes e jovens que cumprem medidas socioeducativas em meio aberto. O evento foi realizado pela Prefeitura de São Gonçalo do Amarante, através da Secretaria Municipal de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Semtasc), na Câmara de Vereadores do município.

Com o objetivo de apresentar os dados coletados e construir junto à rede de proteção e sociedade civil as ações a serem implementadas no plano municipal, com o intuito de regulamentar a execução de medidas socioeducativas em adolescentes e jovens, além de definir papéis e competências da rede municipal. Dentre as metas do debate, está a elaboração de estratégias de atendimento de acordo com a realidade encontrada na cidade.

Participaram da Audiência representantes do Conselho Municipal dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes (Comdica), Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), Organizações não Governamentais (ONGs), Centro de Referência de Assistência Social (Cras), Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (Scfv) e das secretarias municipais de Trabalho, Assistência Social e Cidadania; Saúde; Juventude, Esporte e Lazer; Defesa Social e Educação.

Macau: a chapa de Flávio e seu teste de "vera" da sua liderança

4 de setembro de 2019 | _
Com base em que já presenciei e no que já ouvi tenho dito que a política não me surpreendia mais. Ai vejo que novamente sou pego de surpresa com a política macauense. É que chega ao blog uma informação de que o ex-prefeito Flávio Veras - bastante lembrado no cenário político local, e considerado 1 dos maiores lideres político da cidade, onde muitos aguardam sua posição quanto ao nome que deverá apoiar ou mesmo indicar para concorrer ao cargo de prefeito nas eleições de 2020, surge com a ideia de lançar uma chapa fechada "puro sangue" à la Veras, pra chamar de sua.

Disse-me a fonte que o ex-prefeito pôs na cabeça de lançar seu ex-secretário de finanças Edson para  concorrer na cabeça de chapa a prefeitura de Macau.

A ousadia do ex-prefeito não para por aí Ainda 2º a fonte do blog, testemunhou o ex-prefeito dizer que para vice-prefeito na chapa com Edson vai indicar Edval da lanchonete.

Nada contra o 1º e muito menos contra o 2º.

O menino prodígio falaria: santa presunção Batman.

Poucos ou ninguém entende o que se passa na cabeça de Veras. Ele é matreiro, mas age com certo exagero em situação que o torna previsível para alguns poucos expectadores.

Ora!

Quem não lembra quando Flávio entrou na política de Macau.

Foi 1º vice-prefeito de Zé Antonio já prefeito e candidato a reeleição, contra a saudosa e querida Elizabeth Lemos.


Eleição

O prefeito Zé Antonio apoia Flávio que recebeu apoio do grupo liderado pelo poder, na época salve engano, 14 vereadores. Flávio é eleito prefeito.

Eleição

No poder, como vice-prefeito e candidato a eleição Flávio é mais uma vez eleito prefeito. Vitória sofrida contra o médico Eduardo Lemos. A eleição mais cara da história do município de Macau. Quem participou sabe.

Eleição Suplementar

O dito acima se comprova com a cassação de Flávio e convocação de novas eleições. Mais uma vez Macau ver o dinheiro publico correr na vala negra da cidade através de cabos eleitorais comissionados a cometer abuso de poder econômico na captação de sufrágio e assim eleger Veras mais uma vez prefeito de Macau.

Mérito 

Não sei! mas uma coisa é vero. Sabe reverter o poder em voto. Isto faz bem.


Nova eleição

Na política o globo também gira e em 2012 o adversário de Flávio tinha sido seu maior correligionário em 2004. Responsável pela sua eleição. Era ele o ex-prefeito Zé Antonio líder em todas as pesquisas. Mas o que quase ninguém contava era a virada de mesa que aconteceria próximo as convenções. Para impedir o retorno de Zé a prefeitura, naquele momento só havia uma hipótese. O que para quase todos era praticamente impossível ocorrer. Unir as forças antagônicas do poder na cidade contra Zé Antonio. Flávio Veras e Eduardo Lemos dois adversários políticos, beirando a inimizade, se unem com o proposito de derrotar Zé e assim, mais uma vez Flávio é eleito prefeito.

Mandato de fato

Flávio estava encerrando seu mandato como prefeito oficialmente pelo calendário da justiça eleitoral, mas ele não pensava assim e queria se perpetuar no poder. Assim, indicou Kerginaldo Pinto, para lhe suceder. Homem de confiança Pinto seria na cabeça de Veras seu comandado, receberia ordens e seria prefeito apenas de direito (de fato) seria ele. Isso deu certo até um momento depois deu com os burros náguas (isso é outra história e fica pra depois). Flávio mais uma vez com o poder nas mãos elegeu Kerginaldo prefeito de Macau numa eleição fracionada, disputada entre 5 candidatos.

Hoje

Numa situação totalmente contrária, Flávio se mexe para indicar prefeito e vice. Até hoje o ex-prefeito e empresário não enfrentou nenhuma eleição estando de fora do poder, isto sem falar na situação econômica que aflige o pais, atingindo todos os segmentos empresariais em dificuldades.

PF prende advogado suspeito de chefiar PCC no Estado

3 de setembro de 2019 | _
A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira, 3, em conjunto com o Departamento Penitenciário Nacional (DEPEN), e apoio da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, a Operação Extração, que busca desarticular célula regional da facção criminosa paulista Primeiro Comando da Capital-PCC enraizada no Estado.

As medidas cautelares foram deferidas pela Justiça Estadual de Mossoró, que expediu 16 mandados de busca e apreensão, 18 mandados de prisão preventiva, além de um mandado de prisão temporária contra um advogado potiguar suspeito de integrar a organização criminosa. Estão sendo empregados na ação cerca de 90 policiais federais que cumprem os mandados nas cidades de Natal, Mossoró, Extremoz, Ceará-Mirim, São Gonçalo do Amarante e Pau dos Ferros.

As investigações foram intensificadas em junho de 2019, depois que a Polícia Federal identificou o planejamento de um salve pelo PCC no Estado.

A organização planejava aterrorizar a população, por meio do incentivo dos faccionados à prática de ações violentas contra pessoas e coisas em várias cidades do RN. No salve identificado pela PF, a facção criminosa também tencionava ataques dentro do sistema prisional potiguar, incentivava a violência contra integrantes de facções rivais e sugeria confrontos com as forças policiais do Rio Grande do Norte.

Durante as investigações, informações foram compartilhadas com autoridades do RN e medidas preventivas adotadas. Não houve registro de atentados no período.

Todos os presos ocupam posições de liderança na filial potiguar da facção criminosa PCC.

O advogado hoje preso temporariamente em Natal teve especial participação na circularização do salve em junho de 2019, sendo o suposto responsável pela comunicação e transmissão das ordens (salves) entre as lideranças presas e membros da alta cúpula ainda em liberdade.

O crime de promover, constituir, financiar ou integrar, pessoalmente ou por interposta pessoa, organização criminosa é previsto na Lei nº 12.850/2013, punido com pena de reclusão de 3 a 8 anos, e multa, sem prejuízo das penas correspondentes às demais infrações penais praticadas.

A Polícia Federal possui como objetivo estratégico o combate à ação das facções criminosas no Estado do Rio Grande do Norte.

Fim da pesquisa: governo corta 5 mil bolsas da Capes e não concederá mais nenhuma em 2019

| _
O Ministro da Educação Abraham Weintraub anunciou o corte de mais 5.613 bolsas de mestrado e doutorado. Com a medida do governo Jair Bolsonaro (PSL), nenhum outro novo pesquisador vai ser financiado neste ano.

Weintraub anunciou nesta segunda (2) o corte de mais 5.613 bolsas de mestrado e doutorado que estavam previstas para o orçamento deste ano de 2019. Com a medida do governo Jair Bolsonaro (PSL), a Capes anunciou que nenhum outro novo pesquisador vai ser financiado neste ano. Este é mais um passo decisivo no desmonte da educação e no investimento na pesquisa brasileira. Ao Estado de São Paulo, Weintraub anunciou:

O novo corte representa o não investimento de mais R$ 37,8 milhões neste ano. A Capes teve R$ 819 milhões de seu orçamento contingenciado neste ano, ou 19% do valor autorizado. No primeiro orçamento feito pela atual gestão, para 2020, a Capes perdeu metade da verba, que de R$ 4,25 bilhões neste ano passou para R$ 2,20 bilhões em 2020.