STF julga hoje denúncia contra Aécio Neves

17 de abril de 2018 | _
O senador Aécio Neves (PSDB-MG) deverá ser transformado em réu, pelo Supremo Tribunal Federal, nesta terça (17), por ter pedido propinas de R$ 2 milhões à JBS,

A mufufa deveria ser entregues em malas a seu primo Fred Pacheco – "alguém que a gente possa matar antes de fazer delação" disse Neves em áudio quando conversava com dono da JBS,

A presidente Dilma Rousseff foi afastada há 2 anos atrás, em razão da aliança entre Aécio, Eduardo Cunha e Michel Temer, ele dizia ter perdido as eleições para uma "organização criminosa".

Segundo o ministro Luis Roberto Barroso, do STF, há poucas pessoas presas no Brasil com mais provas do que no caso Aécio.

As acusações contra o tucano são fruto principalmente de delações de executivos do Grupo J&F, da Odebrecht e do ex-senador Delcídio do Amaral (PT-MS) firmadas com o MPF (Ministério Público Federal). O político nega todas as acusações.