Queda de Temer favoreceria Rodrigo Maia e adiamento de eleições

1 de abril de 2018 | _
Se foi março de 2018 e com ele, muitos dos eventos malditos, como assassinatos, arrombamentos e atentados, Nada de muito diferente aos meses anteriores, mas podemos abrir os olhos à 1 detalhe: As eleições de outubro.

No último mês o país entrou no que chamam de descontrole total. Autoridades tem sido vítimas de atendado e de ameaças.

Assassinato de autoridades como vereadores, José Célio e Palmeirinha (PE), Paulinho P9 em Majé (RJ), Mariele Franco Rio de Janeiro (RJ), o atentado à caravana de Lula e o Fachin News das supostas ameaças ao Ministro Luiz Edson Fachin.

Tudo isso tem chamado a atenção de álibi para 1 possível adiamento das eleições. Pode até ser 1 álibi, mas merece a observância de todos.

Segundo o jornalista Luis Nassif, nenhuma tese de adiamento seria minimamente viável se significasse a prorrogação do mandato de Temer. Só os absolutamente sem-noção apostariam nisso.

 "Se Temer for derrubado, fortalece-se a hipótese do adiamento das eleições, com o país sendo entregue ao deputado Rodrigo Maia, genro de Moreira Franco. Nos próximos dias, haverá mais lenha na fogueira, visando amedrontar o STF na votação do HC de Lula, tornar mais agudo o quadro de descontrole, para posterior aparecimento da bandeira salvadora do adiamento das eleições", diz Nassif.