Depois que dividiu o país com o golpe Temer publica mensagem de que é preciso "reunificar"

2 de abril de 2018 | _
Em mensagem publicada no Twitter no domingo de Páscoa (1º), Michel Temer diz que é necessário "pacificar e reunificar" o país que ele ajudou a dividir com o golpe de 2016.

O governo esperava que uma terceira denúncia pudesse ser apresentada, mas não contava com a prisão preventiva dos investigados, que segundo fontes, causou perplexidade.

Após a revogação das prisões pelo ministro Luís Barroso, do STF, o governo considerou que a decisão reduz a tensão dos últimos dias, mas não será capaz de reverter o estrago político na imagem de Temer.

De acordo com matéria do G1, assessores de Temer consideram que o "estrago político está feito" e "não tem volta", prejudicando as articulações do emedebista para disputar um novo mandato.

Páscoa é passagem para uma nova vida. É o que está acontecendo no Brasil hoje. Saímos da pior recessão de nossa história e estamos oferecendo ao brasileiro um País revigorado. Precisamos, agora, com o espírito da Páscoa, pacificar e reunificar a nossa gente. Feliz Páscoa!