Cármen Lúcia assumirá presidência da República novamente

18 de abril de 2018 | _
A linha sucessória brasileira se transformou em mais um problema político: os presidentes da câmara e do senado, a despeito de serem investigados e alvos de diversas acusações do ministério público, também são candidatos e também estão vetados pela lei eleitoral para assumirem a presidência da república.

Dessa forma, estão obrigados a criarem agendas no exterior os presidentes do senado, Eunício Oliveira e o presidente da câmara Rodrigo Maia.

Ambos podem repetir suas viagens internacionais gastando o dinheiro público que poderia ser da saúde, segurança etc.

Com o passeio internacional dos nobres políticos, entra em cena mais uma vez para assumir a presidência da República a presidente do Supremo Tribunal Federal, a ministra Cármen Lúcia, institucionalmente a 5ª na linha sucessória.