Era só o que faltava; juízes querem fazer greve, pode?

2 de março de 2018 | _
Juízes federais decidiram que vão parar os trabalhos no dia 15 de março em protesto pela possibilidade de revisão dos benefícios concedidos à classe, como auxílio-moradia. A questão do auxílio-moradia será discutido pelo STF (Supremo Tribunal Federal) em 22 de março.

Segundo estimativa da ONG Contas Abertas indica que, de setembro de 2014 até dezembro do ano passado, o auxílio-moradia custou à União e aos Estados cerca de R$ 5 bilhões, considerando que os benefícios destinam-se a cerca de 30 mil pessoas (17 mil magistrados e 13 mil membros do Ministério Público, em todos os seus ramos).

Esse juízes não deveria parar, deviam era pedir pra sair, se demitir. São vergonha nacional. A imagem dos magistrados junto a população brasileira é de ofertarem 1 desserviço ao país com a ineficiência, e ainda assim, caro.