Justiça solta Joesley Batista

20 de fevereiro de 2018 | _
or três votos a dois, a 6ª turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) substituiu nesta terça-feira (20) a prisão preventiva dos irmãos Joesley e Wesley Batista por medidas cautelares. Presos desde setembro de 2017, os irmãos passarão a usar tornozeleira eletrônica, mas ficam proibidos de sair do Brasil e não poderão participar direta ou indiretamente de operações no mercado financeiro.

A substituição das prisões preventivas dos ex-diretores da JBS foi sugerida pelo relator dos HC 422113 e HC 422122, ministro Rogerio Schietti Cruz. Os irmãos foram denunciados pelo crime de insider trading – quando há o uso de informação privilegiada no mercado financeiro.

Com a decisão, apenas Wesley deixará a prisão. Contra Joesley há um segundo mandado de prisão, por omissão de informações na delação da JBS.