Jatinho de Huck comprado com dinheiro público custou 18 triplex no Guarujá

12 de fevereiro de 2018 | _
Um triplex em Guarujá custa, 2º pesquisas na internet, e o juiz Sergio Moro, cerca de R$ 1 milhão

A Lava Jato quer fazer o mundo acreditar que Lula foi o comandante máximo de um esquema que teria sido “a maior corrupção” da história do país desde os tempos de Cabral (digo, Alvares Cabral) para ganhar um upgrade num edifício em Guarujá – Lula já tinha um apartamento lá, a suposta propina seria trocá-lo por outro, na cobertura, devidamente “reformado”.

Luciano Huck, o atual menino dos olhos da Globo que pretende empossá-lo como presidente do país, pegou quase R$ 18 milhões no BNDES para comprar o seu jatinho, segundo reportagem publicada há pouco pelo blog Tijolaço.