Henrique a 1 passo de ir pra casa

6 de fevereiro de 2018 | _
O ex-deputado federal Henrique Eduardo Alves, ganhou uma nos tribunais, a vitória veio da 14ª Vara da Justiça Federal no Rio Grande do Norte, em decisão concedida pelo  juiz Eduardo Guimarães Farias, que transformou em prisão domiciliar uma das penas que pesavam contra o ex-ministro.

A decisão atende a solicitação da defesa do deputado, referente a operação Manus, que apura crimes de corrupção e lavagem de dinheiro supostamente cometidos durante a construção da Arena das Dunas, em Natal.

Henrique ganhou, mas ainda não foi dessa vez que o ministro se livrou da preventiva, pois apesar da vitória na Justiça do RN, Henrique continuará preso na Academia de Polícia Militar, em Natal, porque tem contra si outro mandado de prisão preventiva, este último expedido pela Justiça Federal de Brasília, onde o ex-ministro responde por fraudes no Fundo de Investimentos do FGTS da Caixa Econômica Federal (operação Sépsis).

Mas sua defesa também ingressou com 1 pedido de habeas corpus no Superior Tribunal de Justiça (STJ) para tentar reverter a preventiva. A seu favor o ex-ministro tem em sua defesa depoimentos 22 testemunhas de acusação inocentando Henrique Alves.