Famoso com a Lava Jato e condenado por contrabando, japonês da federal consegue aposentadoria voluntária da PF

27 de fevereiro de 2018 | _
A Polícia Federal concedeu aposentadoria especial voluntária a Newton Hidenori Ishii, o “Japonês da Federal”. A Diretoria de Gestão de Pessoas da corporação atendeu a 1 pedido feito por Ishii em outubro de 2016. Na ocasião, declarou mais de 30 anos de trabalho.

A portaria foi assinada na última quinta (22) mas só foi publicada na edição desta segunda (26) do Diário Oficial da União.

É a 2ª vez que ele se aposenta da Polícia Federal. Em 2003, Ishii foi preso por contrabando, mas voltou à PF por determinação judicial. Conseguiu se aposentar da corporação em outubro daquele ano.

Em abril de 2014, voltou à corporação após a aposentadoria ser revogada. Ishii surgiu em nível nacional após uma sequência de ações da operação Lava Jato. De óculos escuros e estatura mediana, o “Japonês da Federal” apareceu conduzindo políticos, empresários e operadores financeiros presos durante as ações.