Escola pública e faculdade particular em Natal comercializam diplomas e homem foi preso pela Polícia Civil

22 de fevereiro de 2018 | _

G1 - Policiais civis da Delegacia Especializada em Assistência ao Turista (DEATUR) e Delegacia Especializada em Proteção ao Meio Ambiente (Deprema) prenderam em flagrante Eduardo da Silva Cavalcante, 24 anos, na manhã desta quarta-feira (21), logo após ele ter vendido um falso diploma de ensino médio para um homem, na Zona Norte de Natal. 

A investigação da Polícia Civil descobriu que Eduardo também vendia diplomas de graduação e que já responde à Justiça pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo e corrupção do menor.

Eduardo foi preso após ter recebido o valor de R$ 250,00 referente a venda de um diploma de ensino médio, que teria sido expedido por uma escola pública estadual localizada no bairro Nossa Senhora da Apresentação, Zona Norte da capital. Ele havia acabado de vender o diploma, em um estacionamento de um shopping, na Zona Norte, quando foi preso pelos policiais civis.

Os policiais civis apreenderam com o suspeito um falso diploma do curso de graduação em pedagogia, que teria sido expedido por uma faculdade particular que existe em Natal. De acordo com o homem que comprou o diploma de ensino médio, o suspeito oferecia os serviços em um site de vendas online e toda a negociação foi feita usando aplicativos de conversas instantâneas.