Tulio e o retrovisor de amanhã

17 de janeiro de 2018 | _
O atual governo do município de Macau vem aos poucos deixando sua marca. Marca de uma triste história, onde o próprio gestor poderá narrar em breve, pois já estamos no 2º ano de sua desastrosa gestão, e como o prefeito ainda administra a cidade olhando para o retrovisor, no dia do fim, poderá continuar a olhar e descrever ao mesmo tempo que foi protagonista da triste história.

O município arrecadou me 2017 mais de R$ 70 milhões, mas a cidade parou, servidores não recebem salários desde de novembro.

Como não recebem salários os servidores acumulam dívidas e recorrem à família e a amigos para fazer frente a necessidades básicas. O comercio parou, portas estão fechando, macauenses estão se mudando da cidade devido a situação de caos que se instalou na cidade. A economia parou o governo está "quebrando" a cidade, o Ministério Público assiste de camarote a situação, deve se preocupar acredito, apenas com os "auxílios..." e se lixam para o povo que sofre.

Movimentos com protestos de Fora Tulio vem tomando corpo na cidade, crescendo todos os dias entre várias categorias de servidores e população. Nesta quarta (17) servidores participaram de mais um manifesto na praça ao lado da prefeitura.