Temer vai perder mais que o dobro de ministro que Dilma para eleições

8 de janeiro de 2018 | _
O governo Temer já perdeu até o momento 2 ministros que deixaram suas pastas alegando que se focariam na disputa de 2018: Ronaldo Nogueira (Trabalho, do PTB-RS) e Marcos Pereira (Indústria, do PRB-SP). Ambos devem se candidatar a uma vaga na Câmara dos Deputados.

São dadas como certas as saídas de outros 11 ministros.

Michel Temer pode perder até 7 de abril mais 21 ministros que pretendem disputar as eleições de 2018. Os candidatos devem respeitar o prazo de desincompatibilização. Isso é mais que o dobro que o governo de Dilma Rousseff (PT) em 2014 e mais de 4 vezes que o governo de Fernando Henrique Cardoso (PSDB).