Sem manter recomendações médicas Temer agrava infecção urinária

2 de janeiro de 2018 | _
O presidente Michel Temer, 77 anos, recebeu a visita de médicos no último fim de semana de 2017. Segundo a assessoria de imprensa do Planalto, o presidente recebeu recomendação de descanso “após agenda exaustiva” na última semana.

Os médicos reclamaram de que ele não tem obedecido às recomendações de descansar. Por isso, proibiram a viagem ao Rio de Janeiro para passar o réveillon na Restinga da Marambaia.

Há 2 semanas, Temer foi submetido a 1 procedimento de desobstrução da uretra e permanece com uma sonda. Quando esse tipo de sonda é usada por muito tempo costuma provocar infecções. A rebeldia do presidente fez agravar o quadro.

Na semana passada, ele teve 1 mal estar e reclamou muito da sonda. Os médicos, então, passaram a administrar 1 antibiótico mais forte.