O pecado mora ao lado: de Deus ao diabo

11 de janeiro de 2018 | _
O cristão que tem o mínimo de conhecimento bíblico entende que Deus odeia a idolatria. Em 1 Coríntios 6:9 Deus alerta que os idólatras não herdarão o Reino dos céus. Em outra parte das escrituras lemos: “Não terás outros deuses diante de mim”. (Êxodo 20:3). Quem tem bíblia e ler sabe. Agora imagina o crente (evangélico), que tem as escrituras como seu manual de vida. Imagina aquele que já foi ou é intitulado pastor, embora não tenha pastorada nada, mas que lhe atribuíram-lhe o título como se dar uma comenda, mas isso não tira sua responsabilidade de entender os mandamentos escritos nas Escrituras Sagradas.

Falando de políticos evangélicos que em sua maioria são líderes (pastores, reverendos, obreiros e missionários) ou ainda simplesmente irmãos, que devem ser verdadeiros adoradores ensinando  e pregando o evangelho por onde passam (Marcos 16:15), quando de posse de mandato político chegam até mesmo envergonhar a DEUS negando a fé com atitudes abomináveis. Não voltam seus olhos para o Deus único. Isto é uma verdade inquestionável.

Fico triste quando vejo um "pastor" evangélico com mandato eletivo indo na contramão do que aprendeu nos ensinamentos bíblicos. Este ano completo 9 anos de conversão ao evangelho. Um bebe ainda, comparando aos 32 anos de conversão de Rosa (minha esposa). Neste pouco tempo, aprendi que a expressão "agradar a Deus e ao diabo", não é apenas um simples ditado popular. Isto é bíblico, está em (Mateus 6:24).

O evangélico seja ele político ou não, tem que tá focado no DEUS VIVO, não deve ele pelo fato de ser político, ignorar o que está em Mateus (6:24) e destinar emendas (dinheiro) para patrocinar festas pagãs ou ainda destinar recursos para festividades onde se mistura farra com religião. É preciso arrepender. Precisamos saber que “…o viver é Cristo, e o morrer é lucro”. (Filipenses 1:21), nestes casos é "voto".

“Então disse Jacó à sua família, e a todos os que com ele estavam: Tirai os deuses estranhos, que há no meio de vós, e purificai-vos, e mudai as vossas vestes”. (Gênesis 35:2).



Enquanto isso... municípios vivem a beira do abismo, com salários de servidores em atraso, hospitais sem médicos e medicamentos, escolas sucateadas, professores com salários em atraso, crianças sem merendas, e os recursos públicos seguindo na contramão, aplicados no lixo cumprindo a farra da troca de votos.