Sem opiniões divergentes não há democracia

1 de dezembro de 2017 | _
"O bom cidadão numa democracia é aquele que contribui para que opiniões diferentes das dele próprio, possam ser debatidas e circular livremente",  jurista Pedro Serrano, professor de direito constitucional da PUC-SP.