São Paulo: Alckmin se irrita com divulgação de aumento de passagem

29 de dezembro de 2017 | _
A divulgação antes do previsto da alta de R$ 3,80 para R$ 4 nas tarifas do ônibus, metrô e trem em 2018 irritou o Palácio dos Bandeirantes e voltou a provocar atritos entre as equipes do governador Geraldo Alckmin (PSDB) e do seu afilhado político, o prefeito João Doria.

Com o prefeito e o vice, Bruno Covas, também do PSDB, viajando em férias, coube a Alckmin, e apenas a ele, ser questionado, nesta quinta-feira, 28, sobre o reajuste de 5,26% nas passagens para 2018.

Pela manhã, o governador chegou até a negar que já houvesse algo definido.