Pastor Vanderlei Duarte: Preconceito Racial em Natal

2 de dezembro de 2017 | _
Na última edição do ano de 2017, a revista Aliança trás o Ministro Vanderlei Duarte, Pastor líder da Igreja Internacional da Graça de Deus no Rio Grande do Norte, em matéria de capa com manchete: Preconceito, Racial em Natal.


Natural de São Paulo, o pastor é filho do músico Vanderlei, um dos fundadores do grupo Os Originais do Samba, uma das bandas de maior sucesso nas décadas de 60 a 80. Casado com Daniele Duarte, pastor Vanderlei tem um casal de filhos, Nicoli e Emanuel.

No auge de sua juventude, aos 23 anos de idade o ministro Vanderlei Duarte desembarca em Natal para cumprir talvez o seu maior desafio, o de liderar o icônico templo Internacional da Graça de Deus, no Rio Grande do Norte, praticando o evangelho de Marcos 15 "E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura." Hoje com seus 33 anos bem vividos, se tornou um homem dotado de muita sabedoria tendo os ensinamentos bíblicos como base para si e para os membros da congregação cristã.

Na entrevista o ministro Vanderlei trata de temas como ser preto e pastor em Natal, uma cidade de povo nada altruísta. No enfoque polêmico sobre sobre ser preto e pastor. 2 assuntos que a sociedade trata com discriminação, onde o pastor com base em sua vivência de mais de 10 anos na Capital Potiguar relata ter passado por situações constrangedoras, mas para ele, um homem de Deus, tratou os episódios sempre com sabedoria.
"Natal até parece Alice no País das Maravilhas quando se fala em preconceito racial. O assunto não é discutido, mas acontece diariamente nas ruas, na escola no supermercado, no trabalho e até na igreja".
Um tema atual abordado na entrevista foi o ensino religioso nas escolas, onde o pastor acredita que um conjunto de ações que envolvam as sociedades civis e governamentais, juntamente a educadores e alunos, além de pais agregados a educação cristã, tendo a Bíblia como base é que seria possível por exemplo transformar vidas e colocar o país no topo.

Sobre política o ministro Vanderlei acredita que um país se constrói com a participação todos e que aqueles que possui o desejo de se candidatar a cargo eletivo, que tenha pelo menos algum serviço prestados a comunidades carentes.