Em apenas 1 ano prefeito de Macau foi do apogeu à ruína

8 de dezembro de 2017 | _
Do apogeu a ruína.

Em 2016 o candidato a prefeito de Macau viveu seu momento de apogeu quando logou êxito ao vencer o que para muitos era impossível, mas Tulio Lemos acreditava e usou  o versículo bíblico (Lucas 1:37. Porque para Deus nada é impossível) e se era promessa de Deus Ele cumpriu.

Em Mateus 7:7 - 8 "Peçam, e lhes será dado; busquem, e encontrarão; batam, e a porta lhes será aberta. Pois todo o que pede, recebe; o que busca, encontra; e àquele que bate, a porta será aberta.

Deus tem o poder de dá...


... e de tirar.

Mas, muitos que pedem, recebem e esquecem quem deu.

Em Romanos 13 "Toda autoridade é constituída por Deus".

Deus quis que certa autoridade existisse, como estrutura, mas a forma de governar é de responsabilidade do governante que faz escolhas livremente.

Cada indivíduo tem o livre arbítrio de escolher suas ações, que caminho quer seguir. E muitos seguem o caminho da carne e a carne além de fraca para quem não tem espirito forte, é podre.

O prefeito vive hoje após 11 meses de governo o seu pior momento. O de ruína.

O que nos faz lembra da lei da semeadura e da colheita, onde na epístola de Paulo aos Gálatas lê-se "Tudo que o homem colherá, isto também ceifará".

Confira como foi recepcionado o prefeito Tulio Lemos momento em que chegou na câmara de vereadores nesta quinta (7):


Agora confira o prefeito Tulio Lemos momento em que saiu da câmara de vereadores:


Os vídeos viralizaram nas redes sociais e mostram populares xingando o gestor de “ladrão” e “vagabundo”.

O prefeito usou a tribuna da Casa Legislativa e não disse nada com coisa alguma. Como entrou saiu. Sem dar satisfação aos vereadores que queriam explicações sobre onde está o dinheiro. A prefeitura já arrecadou cerca de R$ 70 milhões nestes 11 meses e nada se ver de novo em Macau.

Eis o que diz o Senhor: Maldito o homem que confia em outro homem, que da carne faz o seu apoio e cujo coração vive distante do Senhor! (Jeremias 17,5)