Prefeito Tulio Lemos instala o caos em Macau

1 de novembro de 2017 | _
Depois de 5 meses sem receber salários professores e mães de alunos da Creche Bibi Honório do Distrito de Diogo Lopes, vão à sessão da câmara em manifesto contra o caos instalado em todo município e reivindicar por pagamento de salários à professores e pessoal de apoio.

Em Diogo Lopes as aulas estão paralisadas por falta de merenda e salários atrasados.

A gestão do atual governo de Macau já demonstrou toda sua incompetência, não há mais o que mostrar.

Agora é fácil! É só pedir pra sair.

As vezes é melhor sair do que ser forçado a tal.

Uma continha rápida: Se o prefeito não paga a ninguém (funcionalismo), dinheiro tem. Mas para onde está indo, ninguém sabe. Ou quase ninguém sabe.

Com a desculpa de fazer economia, a administração municipal de Macau anuncia para hoje demissão de 290 comissionados.

Um perguntinha: Economia não é deixar de gastar? Não é realizar controle ou moderação das despesas? Então... nesse caso se não paga-se salário (não há despesas).

Como se faz contenção de despesas se você em 5 meses não teve nenhuma (com salário)?

Demitir neste caso não fará economia. Regra básica.



Imagens blog Salina da Cruz em notícias.