Faísca de fogo de palha, assim foi João Doria

10 de novembro de 2017 | _
Quando todo mundo falava no fenômeno Doria, prefeito de São Paulo como nova liderança nacional e dado como certo sua candidatura ao Planalto e na dianteira de todos, o blog É Francisco Gomes contrariava leitores e cientistas políticos dizendo que era um marolinha esse "garoto" propaganda que se elegeu prefeito pensando que administrava a cidade pelas redes sociais, acumulando mais horas  dentro de avião andando por cidades brasileiras do que em seu gabinete em SP.

Agora o próprio PSDB ver João Doria em queda livre tanto na capital paulista quanto no cenário nacional. Segunda (6) Dória admitiu a possibilidade de ser vice em uma chapa do governador Geraldo Alckmin na corrida ao Planalto, mas já despertou nos tucanos do Norte e do Nordeste a fúria de que não aceita dobradinha paulista.

João Doria foi mesmo só uma faísca de fogo de palha, que já sai cinza.

Como ficou sem espaço na chapa presidencial dos tucanos, Doria atira para o Palácio dos Bandeirantes (governo de S Paulo), mais vai esbarrar no senador José Serra que tem dito a amigos que é candidato ao governo do Estado de São Paulo.

Com muita sede ao pote, Doria azedou.