Senador Aécio Neves escreve carta aos colegas pedindo para retomar seu mandato

17 de outubro de 2017 | _
Carta foi entregue a todos os senadores 

Aécio iniciou o texto pedindo desculpas. “Me penitencio diariamente pelos termos que utilizei naquela conversa”, diz em referência aos áudios divulgados pelo empresário Joesley Batista, da JBS. O senador já havia afirmado ter sido vítima de uma armação dos delatores da JBS.

Aécio Neves é acusado de pedir R$ 2 milhões ao empresário Joesley Batista, da JBS, em troca de vantagens indevidas. Em 1 diálogo, também falou sobre barrar a Lava Jato.

Na carta, Aécio diz que não escreve em nome de seu mandato, mas para preservar a segurança do mandato de todos os senadores. “Ao final, o que estará em jogo e [que] se pode, de forma monocrática ou por maioria de votos de uma das turmas do Supremo, 1 parlamentar ser afastado de suas funções sem ser previamente julgado”, escreveu.

O senador ainda anexou uma explicação de seu advogado sobre o caso, Alberto Zacharias Toron.