PSB terá 4 votos fechados na CCJ contra Temer

18 de outubro de 2017 | _
Os parlamentares do PSB contrários ao governo do presidente Michel Temer correram contra o tempo e garantiram na manhã desta quarta (18), 19 assinaturas número necessário para destituir Tereza Cristina (MS) da liderança do partido na Câmara. Sem Tereza e sob o comando do deputado Júlio Delgado (PSB-MG) na liderança da legenda o partido já fez duas mudanças na composição dos membros titulares da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Os novos titulares agora são Danilo Cabral (PSB-PE) e Hugo Leal (PSB-RJ), que subistituem os aliados do Palácio do Planalto na CCJ, Danilo Cabral (PSB-PE) e Hugo Leal (PSB-RJ).

Com isso, a legenda deve garantir os seus quatro votos no colegiado a favor do prosseguimento da denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra Temer e os ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco.