Aécio Neves reassumiu mandato na tarde desta quarta, 18

18 de outubro de 2017 | _
O senador Aécio Neves reassumiu mandato no senado na tarde desta quarta (18) após mais de 20 dias afastado, o senador mineiro em discurso na tribuna fez críticas aos irmãos Batista, donos do grupo J&F, e a integrantes do Ministério Público. 

No plenário da Casa, Aécio afirmou ser vítima de uma armação "ardilosa" e "criminosa", preparada por "empresários inescrupulosos" e por "homens de Estado".

Sem citar nomes, Aécio acusou Joesley e Wesley Batista, donos do grupo J&F, de enriquecerem "às custas do dinheiro público". Disse ainda que os empresários "não tiveram qualquer constrangimento em acusar pessoas de bem na busca de um benefício de um inaceitável acordo de delação".