O Globo se supera e insinua que R$ 51 milhões são de Dilma e Lula, quando dinheiro foi encontrado no Bunker de Gerdel braço de ferro de Temer

6 de setembro de 2017 | _
A presidente deposta Dilma Rousseff (PT) criticou a edição do jornal O Globo pela capa tendenciosa desta quarta-feira (6), em que tenta enganar o leitor ao induzir o pensamento de que os R$ 51 milhões achados num apartamento ligado ao ex-ministro Geddel Vieira Lima seriam da própria Dilma e do ex-presidente Lula.

"Vergonha! Jornalismo de qualidade e isento não é praticado pela Globo. Exemplo de Jornalismo de Guerra e manipulação rasteira: capa do Jornal O Globo. Montagem: mala de $ Geddel e manchete Dilma e Lula", escreveu Dilma em seu Twitter; capa maliciosa do jornal da família Marinho foi rechaçada nas redes sociais.

A operação batizada de Tesouro Perdido, nesta terça-feira (5) é uma continuação da Operação Cui Bono, que havia resultado na prisão de Geddel em julho. 

O cumprimento do mandado ocorre um dia depois que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, admitiu que a delação da JBS pode ser anulada porque três dos delatores teriam omitido informações aos investigadores. 

Geddel de quem pertence o apartamento onde foi encontrado toda a dinheirama, era um dos principais assessores do presidente Michel Temer (PMDB), com forte influência no Congresso Nacional é apontado por delatores da Lava Jato como um dos receptores de propinas. Ele ficou dez dias preso e atualmente cumpre prisão domiciliar em Salvador.