Filhos do senador Romero Jucá são alvos em ação da PF que apura desvio de R$ 32 mi

28 de setembro de 2017 | _
Agentes cumprem 17 mandados em RR, DF e MG

A PF (Polícia Federal), em conjunto com a Receita Federal, cumpre na manhã desta 5ª feira (28) mandados da operação Anel de Giges, que apura desvio de R$ 32 milhões na aquisição de imóvel e na construção de empreendimento do Minha Casa Minha Vida, em Boa Vista (RR).

Conforme o site G1, filhos e enteados do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), são alvos de mandados de busca e apreensão e de condução coercitiva.

A polícia afirma que são investigadas as transações decorrentes da venda da “Fazenda Recreio” para a construção do empreendimento Vila Jardim, do Minha Casa Minha Vida, bem como pela fiscalização e aprovação do empreendimento na Caixa Econômica Federal.

Os alvos da ação serão indicados pelos crimes de peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa que preveem penas de até 30 anos de reclusão, diz a PF.

Estão sendo cumpridos 17 mandados judiciais expedidos pela Justiça Federal de Roraima, sendo 9 mandados de busca e apreensão e 8 mandados de condução coercitiva em Boa Vista (RR), Brasília (DF) e Belo Horizonte (MG).