Professores lançam movimento contra o racionamento de merenda em escolas paulistas determinado por Dória

21 de agosto de 2017 | _
Nas últimas semanas Doria foi bombardeado pelas centenas de milhares de pessoas que compartilharam a denúncia feita pela professora Marcella Campos, via Esquerda Diário, sobre o racionamento de merenda nas escolas municipais de São Paulo.

Não param de surgir nas redes fotos de comunicados de escolas aos pais avisando do racionamento e o absurdo extremo de fotos de crianças com a mão marcada por uma caneta para ajudar no controle de quem já comeu ou não no recreio.

Indignados com essa situação e o caos proposital dos governos na educação, mais de 100 professores se reuniram nesse último sábado (19). lançaram o Movimento Nossa Classe Educação e como uma primeira ação decidiram enfrentar ainda mais Doria e sua política de tirar comida das crianças, chamando um ato “Contra o racionamento de Doria. Merenda de qualidade para todos” para a próxima quarta-feira, 23 de agosto, em frente à prefeitura às 16 horas.