Dizer que ser gay é "dom de Deus" bispo gera polêmica em redes sociais na cidade de Caicó

7 de agosto de 2017 | _
É sabido que a igreja católica tem quebrado o que podemos chamar de "tabus" e aos poucos segue "enfiando" pensamentos tortuosos na cabeça de seus fiéis. É também de conhecimento publico os inúmeros escândalos envolvendo líderes do alto clero em episódios torpes - padres, bispos e até cardiais do vaticano em casos de pedofilia, aí eis que surge no interior Potiguar o que muitos estão chamando de "heresia", dita por um dos principais líderes religioso do Estado do Rio Grande do Norte, durante homilia no encerramento de festa religiosa da cidade de Caicó.

O bispo causou polêmica ao afirmar que a homo afetividade é um dom de Deus. "Se não é escolha, se não é doença, na perspetiva da fé só pode ser um dom", afirmou o bispo.

No meu entendimento, Dom Antônio Carlos Cruz, não errou ao fazer a citação. Faltou ao padre apenas explicar o que disse. Ora, se a ciência entregou os pontos sobre o assunto, não sabendo explicar a natureza do homossexualismo, alegando não ser doença, e se também não é escolha, o que resta é o dom. O que se diz de alguém que toca violão sem nunca ter pego em um ou ainda ter frequentando aulas, por exemplo? É dom, se diz!

"O evangelho por excelência é evangelho da inclusão. O evangelho é porta estreita sim, é um amor exigente, mas é uma porta sempre aberta. Deus nunca fecha porta para ninguém", afirmou o bispo.

Muita verdade! A Palavra de Deus salva, cura, liberta e transforma todas as coisas. Quando nos propomos a vivê-la e a guardá-la no coração, o Pai, o Filho, o Espírito Santo vêm habitar em nós!

Devemos ter respeito para com os irmãos que por opção sexual, doença ou dom se atraem pelo mesmo sexo.

"Vinde a mim todos os que estais cansados de carregar suas pesadas cargas, e Eu vos darei descanso." Mateus 11:28 .

A página da Diocese de Caicó no Facebook, pessoas usaram o espaço destinado aos comentários para criticar o religioso. "Dom Antônio Carlos Cruz conseguiu transformar um pecado grave em dom de Deus", diz um dos comentários. "A Santa Sé tomará conhecimento desta heresia, proclamada dentro da Igreja Católica", afirma outro usuário, que chama o bispo de inimigo da igreja.

Outros comentários:

O dever da igreja (católica, evangélica), é de pregar o EVANGELHO, orientar e explicar o que diz a Palavra de Deus, - saiu dai é invenção do homem. Deus disse em Gênesis 1:27 "E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou". Portanto, criou os seres humanos, homem e mulher. ou seja, macho e fêmea, no verso seguinte o Senhor continua.... Gênesis 28 "Deus os abençoou e lhes ordenou: “Sede férteis e multiplicai-vos! Povoai", mas tarde, muito mais tarde Jesus confirma em Mateus, o que já havia dito o Pai. Mateus 19:4 "E Jesus lhes explicou: “Não tendes lido que, no princípio, o Criador ‘os fez homem e mulher’.

É lamentável  o que as religiões hoje queiram fazer com o evangelho, adequando as Leis de DEUS a modernidade, o que neste caso, acredito não ter sido a intenção do padre. Mas é assim, entre uma polêmica e outra que aos poucos o errado se torna certo, comum e as almas indo direto a caminho do inferno. O evangelho deve ser propagado ao mundo como escrito em Marcos 16:15 "E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura" ou é para andar na moda na terra e caminhar pro inferno ao morre?

A Palavra de Deus nunca se tornará démodé?.

Veja o vídeo da transmissão da missa viralizou nas redes sociais e gerou polêmica entre os fiéis.