À espera de nova denúncia, Temer se blinda com agrados aos agentes econômicos

28 de agosto de 2017 | _
Janot tem até 17 de setembro para apresentar acusações
Auxiliares de Michel Temer acreditam que o presidente da República está pronto para enfrentar o último ataque de Rodrigo Janot. O procurador-geral da República deixa o cargo em 17 de setembro. Deve enviar ao STF, no início do mês, o pedido de abertura de processo contra o presidente – que estará em viagem à China.
Os articuladores políticos do governo acham que o pacote de medidas fiscais e os indicadores recentes formam um escudo de otimismo. E que os agentes econômicos influenciarão o Congresso e o STF (Supremo Tribunal Federal) a barrar as acusações do PGR.