Folha de S. Paulo demite Mário Magalhães, um dos últimos jornalistas defensores da democracia

29 de julho de 2017 | _

O jornalista Mário Magalhães, defensor da democracia era ama das poucas vozes contrárias ao golpe de 2016 no grupo Folha/Uol, de Otávio Frias Filho, teve ontem, sexta-feira (28), seu contrato encerrado; a partir de agora, seus comentários estarão disponíveis apenas em suas redes sociais

Leia, abaixo, seu post de despedida:

Este é um post de despedida. 
O blog chega hoje ao fim, quatro anos e três meses depois da estreia. Desde o início de maio de 2013, às vésperas das Jornadas de Junho daquele ano, publiquei 2.474 posts. 
Foi um prazer ter compartilhado esse espaço de histórias e pitacos. 
Agradeço imensamente a quem me acompanhou, concordando ou discordando. 
A decisão de interromper o contrato comigo, comunicada no finzinho de maio, foi do UOL. 
Espero revê-los em breve, quando eu lançar a biografia de Carlos Lacerda (1914-1977), a sair pela Companhia das Letras. 
Ou, quem sabe, antes do lançamento do livro. 
Minha página no Facebook continuará na ativa. Idem o perfil no Twitter. 
Até a próxima!