Reforma trabalhista na CCJ: como votaram os senadores

29 de junho de 2017 | _
A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou na noite de quarta-feira 28, após 14 horas de sessão, o relatório da reforma trabalhista, que altera profundamente as relações de trabalho no Brasil. O texto é uma das apostas do presidente Michel Temer para se salvar em meio às denúncias de corrupção que sofre.

O relatório aprovado é do senador Romero Jucá (PMDB-RR), líder do governo no Senado, que não prevê nenhuma alteração no duro texto enviado pela Câmara. Para acelerar a votação e evitar mais desgaste, o Palácio do Planalto prometeu aos senadores alterar os pontos polêmicos da reforma trabalhista por meio de uma medida provisória.

O texto foi aprovado por 16 votos a 9, com uma abstenção. Confira abaixo como votaram os senadores: