Lava Jato deixa R$ 90 BI em obras paralisadas de Norte a Sul do país

19 de junho de 2017 | _
Se de um lado a Lava Jato contribuí para desvendar quadrilhas de criminosos na política brasileira, de outro o juiz Sérgio Moro e os promotores da Lava Jato tem contribuído para que R$ 90 bilhões em obras fiquem paradas de Norte a Sul do Brasil, sem previsão de retomada, aponta um levantamento feito pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (Cbic) e pelo jornal O Estado de S.Paulo.

Todas elas têm como responsáveis empreiteiras que são investigadas pela Polícia Federal por corrupção e outros crimes, além de graves problemas financeiros para dar sequência às construções.

Em os motivos para a paralisação das obras estão o sobrepreço, divergências em relação ao valor das obras e falta de financiamento ou recursos próprios.