Câmara emite nota sobre discussão entre popular e vereadora durante sessão

14 de junho de 2017 | _
Em nota enviada à imprensa a Câmara Municipal de Guamaré explica que quem sofreu as agressões verbais de "vagabunda" fora a vereadora Diva Araújo e não a popular, envolvida no furdunço que resultou na sua retirada à força da sede da câmara durante sessão.