Orientado pelo cardiologista Eduardo Lemos governador Robinson reúne secretários e pede agilidade nas obras do Hospital da Polícia

25 de maio de 2017 | _
O governador Robinson Faria (PSD), convocou nesta quarta-feira (24), os secretários das pastas de Saúde, Infra Estrutura, Segurança, Comandante Geral da PM e diretoria de Saúde da PM para reunião onde pediu para em conjunto o grupo agilizem a conclusão das obras do Hospital da Polícia Militar, Hospital Coronel Pedro Germano.

Em agosto de 2016, o governador Robinson Faria, assinou a ordem de serviço para a instalação do sistema de climatização do hospital com sede em Natal.

A reunião com o governador e o grupo de secretários ocorreu a partir da sugestão do cardiologista macauense Eduardo Lemos à Robinson Faria, que de pronto atendeu o médico.

Com a articulação e o planejamento estratégico traçado para o hospital por Eduardo Lemos, a unidade hospitalar que hoje possui 65 leitos passa para 130. Assim, passará a ter 10 leitos de UTI adulto e 10 de UTI Neonatal. Para Eduardo, a ampliação do hospital representará um incremento na oferta de leitos para a população potiguar. 
"Num momento de crise em que vivemos com a falta de leitos, esta iniciativa será fundamental no cenário da saúde pública do RN", Eduardo Lemos.
Durante a reunião, Eduardo, como havia programado previamente com o governador, apontou os caminhos à serem seguidos, como também sugeriu a abertura imediata do setor de imagens do HPM.

O governador ainda salientou que a opinião do médico Eduardo Lemos é sempre bem recebida.

Não é segredo que Robinson sempre teve o interesse de ver o macuense como gestor da SESAP - Secretaria de Estado da Saúde Pública do Rio Grande do Norte. Foram inúmeros convites feitos pelo governador, mas as atribuições de médico e empresário consomem tempo, ainda assim, Eduardo se propôs sempre que convocado pelo governador, ajudar a saúde do RN, e como prometido tem cumprido.

Eduardo mostra sua influência no governo. Inquestionavelmente seu nome vem se
se consolidando no cenário estadual.