OAB/RN nega impeachment de Robinson, e chama o assunto de boato

22 de maio de 2017 | _
OAB justificou boatos com a ausência do presidente Paulo Coutinho que precisaria estar no estado para se reunir com a Ordem antes de iniciar o processo

Não passou de um grande boato a informação de que a diretoria da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no Rio Grande do Norte estaria avaliando a possibilidade de entrar com um pedido de impeachment contra o governador Robinson Faria (PSD) é falsa. 

O desmentido vem da própria OAB/RN que nega a informação, e justifica com a ausência do presidente Paulo Coutinho, pois o órgão precisaria de sua presença em solo potiguar para se reunir com os representantes da Ordem antes de iniciar o processo.

No momento, Coutinho se encontra em Brasília, acompanhando a situação do presidente Michel Temer. A OAB nacional entrou com um pedido de impeachment contra o presidente baseado nas acusações da JBS; já o governador Robinson Faria também foi acusado de receber R$ 10 milhões em propinas da JBS para sua campanha em 2014.