Guido assume conta na Suíça

30 de maio de 2017 | _
Guido Mantega comunica, em petição ao juiz Sérgio Moro que abre mão do sigilo bancário e diz não esperar 'clemência pelo erro que cometeu'

O ex-ministro da Fazenda nos governos Lula e Dilma, confessou, por meio de petição de sua defesa ao juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato na primeira instância, ter conta aberta no banco suíço Picktet, não declarada ao fisco, por meio da qual recebeu US$ 600 mil. O ex-chefe da pasta atribuiu os valores à venda de um imóvel herdado de seu pai.