Após invasões, obras das casas de Guamaré e Baixa do Meio são retomadas

21 de maio de 2017 | _
Quase 400 famílias já podem voltar a sonhar com a sua casa própria. Com a invasão das 378 unidades habitacionais, construídas em Guamaré e no Distrito de Baixa do Meio, em janeiro passado, os beneficiários dessas moradias foram os maiores prejudicados com o atraso na entrega das casas, que somente será possível depois da conclusão das obras de recuperação iniciadas na última sexta-feira, 19.

A Secretaria Municipal de Obras fez inicialmente a limpeza de toda área, antes do início das obras de recuperação dos estragos causados com as invasões. “O atraso na entrega das casas ocorreu em razão da invasão e depredação das unidades. Alguns danos como portas danificadas e pias, lavanderias, banheiros e telhados deteriorados foram identificados”, disse o Secretário Municipal de Obras Keke Rosberg.

Critérios

Com relação às famílias que serão beneficiadas, está sendo feita uma seleção entre as famílias cadastradas no programa de habitação da Assistência Social. “Todo cidadão tem o direito a casa própria, quem não for atendido agora, terá a oportunidade de ser beneficiado no nosso governo que trabalha com a meta de zerar o déficit na habitação em Guamaré e Baixa do Meio”, garantiu o prefeito Hélio Willamy.

Apesar dos estragos com as invasões, a empresa assegura que 90% da obra já está concluída, mesmo assim não há ainda uma data definida para a entrega dessas novas moradias. O Prefeito Hélio Willamy disse que espera entregar as primeiras casas até o final de junho e lembrou que há quase um ano atrás, a prefeitura entregou 120 casas pelo Programa de Subsídio Habitacional-PSH.